Foto: Reprodução

Leidy Elin e Yasmin Brunet se revoltaram com Davi após Wanessa Camargoser expulsa do BBB 24 por dar um tapa no pé do motorista de aplicativo, que foi ao confessionário pedir a eliminação da cantora do reality show da TV Globo.

Na tarde deste sábado (2), o Big Boss surpreendeu aos confinados, que dormiam, ao pedir que arrumassem as malas da filha de Zezé e Zilu e as levassem à despensa. A situação deixou a trancista e a modelo iradas, tanto que confrontaram o baiano após cumprirem a ordem da direção do programa.

“O que aconteceu com você e Wanessa? Ela te bateu?”, questionou Leidyao chegar na sala, onde Daviestava deitado. “É um assunto entre eu e ela”, respondeu o brother“A gente quer saber, porque ela é querida por todo mundo”, insistiu a sister.

“Eu falei no Confessionário, eles avaliaram…”, disse o motorista. “Que loucura gente!”, soltou a trancista. “Foi porque ela encostou no pé dele!”, disparou Yasmin, que ouvia toda o diálogo. “O que eu tinha que falar, eu falei no Confessionário. Cabe a produção ver”, tentou encerrar o brother.

Yasmin, então, continuou: “Ela encostou no pé dele porque tava bêbada e não viu ele. Foi por causa disso. […] Isso é maldade pura. Vocês lá fora vão ver o que aconteceu. Vocês vão entender o que que ele tá fazendo, vocês não vão acreditar a pessoa que vocês tão do lado. Ela tava trêbada ontem! Entrou no quarto brincando, correndo de um lado pro outro, não viu ele na cama, ele se cobre inteiro […] Ela fez assim na cama, bateu, quando viu que era o Davi, falou ‘meu Deus desculpa!’ Foi isso! Por causa disso desclassificou uma pessoa!”

Leidy Elin concordou com a modelo e afirmou que Davi também deveria ter sido expulso por descumprir regras: “E você chamou o Nizam pra porrada, uma coisa que não pode, á escrito lá, ele não foi lá reclamar de você. Isso pra mim já é maldade na cabeça da pessoa! Fiquei puta real! Ontem foi acordar a menina, ela não falou nada, nem tava falando com ele! Fiquei puta! […] Ela bêbada, faz assim na sua perna, você fala que agrediu? Então você tinha que sair, porque chamou Nizam pra porrada! […] Não era pra você estar aqui também! Tomar no c*!”

O TEMPO