Votação em STF beneficia bandidos e ex-presidente Lula

julgamento_decisao_votacao_stf_beneficia_bandidos_e_ex_presidente_lula
Foto: Carlos Alves Moura

A decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), fala a favor de mais de cinco mil bandidos, incluindo o ex-presidente Luíz Inácio Lula da Silva. Por 6 votos a 5, decididos na noite desta quinta-feira (7), o STF optou por derrubar a validade da execução provisória de condenações criminais, ou a prisão após a segunda instância.

A Corte foi obrigada a reverter o próprio entendimento, cuja decisão em 2016, autorizava a medida de prisão. Os prisioneiros condenados com base nessa decisão, podem exigir requerimentos e expedir mandados de prisão para que sejam libertos.

Mesmo os condenados na Operação Lava Jato serão beneficiados, tal como o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que reside preso desde 7 de abril de 2018, na Superintendência da Polícia Federal, em Curitiba. O ex-presidente foi condenado por corrupção e lavagem de dinheiro. Além dele, podem ser beneficiados o ex-ministro José Dirceu e ex-executivos.

nota_defesa_lula
Foto: Divulgação

A decisão final e desempate foi tomada pelo presidente da Corte, ministro Dias Toffoli. Os ministros Edson Fachin, Alexandre de Moraes, Luís Roberto Barroso, Luiz Fux e Carmém Lúcia foram a favor da prisão em segunda instância. Os ministros Marco Aurélio, Ricardo Lewandowski, Rosa Weber, Gilmar Mendes e Celso de Mello, votaram contra.

Em nota lançada nesta sexta-feira (8), a Força Tarefa da Operação Lava Jato afirma que vai respeitar a decisão dos ministros e do Supremo Tribunal Federal. A nota também diz que o entendimento e decisão “pode se tornar objeto de debate e discussão”. Os internautas em redes sociais comprovam isso, mostrando opiniões diversas contra e à favor do STF.

sff_lula_decisao_segunda_instancia_redes_sociais
Foto: Reprodução/Internet – Twitter

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here