24.5 C
Manaus, BR
18 de abril de 2021
Política Saúde

Técnicos de enfermagem furiosos, entram em greve

Técnicos de enfermagem das unidades de saúde do Estado anunciam greve após ficarem três meses sem receber seus salários. Suas atividades serão encerradas na segunda-feira (18) como uma exigência ao governo, para que pague o que é devido.

Os técnicos terceirizados de saúde apresentam 80% das obras dos hospitais, pronto-socorros e maternidades. É previsto que pelo menos 70% deles parem suas atividades nas unidades de saúde e em outros centros da Susam, ou seja, apenas 30% dos enfermeiros estará mantendo as atividades nos hospitais.

Wilker Barreto (Podemos) e Dermilson Chagas (PP), ambos deputados, mais a presidente do sindicato, Graciete Mouzinho, reuniram-se com os promotores Antônio José, Silvana Nobre, Kátia Maria e Cláudia Câmara para buscarem uma forma de restituir o pagamento de valores atrasados e evitar a greve.

A falta de profissionais de saúde nos hospitais afeta drasticamente a atividade dos hospitais e afeta a todos os enfermos.

Publicações Relacionadas

Covid-19: vacinados devem observar intervalo entre imunizantes

Redacao

“É estratégia de guerra contra a ZFM”, disse José Ricardo após declaração de ministro da Economia em entrevista a emissora de TV

Conceição Melquiades

Menino de 3 anos teve pênis amputado após fazer cirurgia de fimose e fato choca

Redacao

Deixe um comentário

WhatsApp chat