23.5 C
Manaus, BR
23 de janeiro de 2021
Destaques Segurança

Suspeito de assassinar padre em Santarém é preso após cinco dias de buscas

Christian Roberto da Silva de 19 anos, o principal suspeito de matar o padre José Ronaldo Gomes de Brito foi preso nesta segunda-feira (11).

O crime aconteceu na noite do dia 31 de dezembro do ano ano passado. O jovem foi encontrado, após cinco dias da prisão provisória ser decretada, escondido na casa de um parente no bairro Aeroporto Velho. 

Após ser preso, Christian foi levado para 16ª Seccional Urbana da Polícia Civil e encaminhado à central de Triagem do Centro de Recuperação Agrícola Silvio Hall de Moura, onde permanecerá à disposição da justiça que havia decretado a prisão temporária do suspeito no dia 6 de janeiro. 

O corpo do padre José Ronaldo Gomes de Brito, 37 anos, foi encontrado já em estado de decomposição na manhã do dia 3 de janeiro, em uma residência na ocupação Bela Visto do Juá, em Santarém, oeste do Pará. 

Segundo informações policiais, no dia que o corpo foi encontrado, havia sangue em cima da cama, no chão do quarto onde o padre estava caído, com uma perfuração no corpo. Além de talheres, copos e churrasco, indicando que outras pessoas estavam no local participando de algum tipo de comemoração. 

O carro que era usado pelo padre para os seus deslocamentos até a paróquia Santo Antônio de Pádua, no município de Belterra, onde era pároco, não estava no local. Após um acidente de carro na região, a Polícia descobriu que o carro estava com Christian Roberto da Silva.

Fonte: G1

Publicações Relacionadas

Polícia Civil prende jovem por tráfico de drogas no Riacho Doce

Redacao

Traços da vida descoberta em Vênus podem ser 'feitos na Terra'

Redacao

Atmosfera da Terra é mais sensível a emissões de CO2 do que se pensava

Francisco Araujo

Deixe um comentário

WhatsApp chat