22.5 C
Manaus, BR
1 de dezembro de 2020
Destaques Política

STJ determina afastamento do governador do Rio de Janeiro e talvez o próximo seja o do Amazonas

Depois de mais de uma semana da divulgação da coluna Radar da revista Veja sobre uma possível agitação do Supremo Tribunal de Justiça (STJ), o governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel (PSC), terá que se afastar por 180 dias por determinação do órgão judiciário. Conforme o portal Único, esse acontecimento e a prisão de pastor Everaldo acenderam alerta no governo do Amazonas.

O afastamento de Witzel é incluso na ação autorizada pelo ministro do STJ, Benedito Gonçalves. De acordo com o site Blitz Amazônico, participam da operação procuradores do Ministério Público Federal (MPF), policiais federais e auditores da Receita Federal para cumprir 17 mandados de prisão, entre eles seis preventivas e 11 temporárias, e 72 de busca e apreensão em endereços ligados à cúpula do governo fluminense. Não é apenas Wilson Witzel que é investigado, como também o vice-governador Cláudio Castro (PSC) e o presidente da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj) André Ceciliano. Mandados estão sendo cumpridos em endereços dos estados de Rio de Janeiro, Espírito Santo, São Paulo, Alagoas, Sergipe, Minas Gerais e Distrito Federal, como também um endereço no país do Uruguai.

Já a prisão do pastor Everaldo, presidente do PSC, foi da mesma decisão da determinação do afastamento de Witzel do cargo, segundo o que diz o site Direto ao Ponto. A Polícia Federal cumpre nesta manhã de sexta-feira (28) esse e outros mandados relativos às investigações sobre desvios em contratos da Saúde. Ele foi o responsável, como consta em texto do portal Único, do batismo do presidente Jair Bolsonaro no rio Jordão (Israel) e em maio de 2016.

Com relação ao governo de Wilson Lima (PSC), o vice-governador, ainda de acordo com texto do portal Único, teria dito a pessoas próximas nos últimos dias que vai assumir o governo do Amazonas, dando como certo o afastamento de Wilson Lima da gestão estadual. O alerta também, segundo o site, mostra que não se sabe quem será o líder do vice-governador Carlos Almeida Filho na casa legislativa.

Fontes: Portal Único, site Blitz Amazônico e site Direto ao Ponto.

Publicações Relacionadas

Novo Fundeb e valorização do professor foram destaques na Comissão de Educação

Fernanda Lopes

O time de futebol MANAUSFC não perde na Arena da Amazônia faz mais de 2 anos

Redacao

Cobra entra pela boca de uma mulher enquanto dormia ao ar livre

Jeanne Gade

Deixe um comentário

WhatsApp chat