Setembro Amarelo: hoje é o Dia Mundial de Prevenção ao Suicídio

Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil

Dia 10 de setembro, considerado como o Dia Mundial de Prevenção ao Suicídio, a Organização Mundial da Saúde (OMS), aponta que a cada 40 segundos uma pessoa  tira a própria vida, em todo o mundo . Diante disso, é importante lembrar da valorização da vida e da conscientização sobre a data. Cada vez mais frequente entre os jovens, o fato acontece em todas as classes sociais, inclusive, a taxa de suicídio entre indígenas é três vezes superior a média do País. Os motivos vão desde a demarcação de terras até o preconceito.

Em 2017, o Centro de Valorização da Vida (CVV) recebeu cerca de dois milhões de ligações de pessoas em busca de ajuda, o que corresponde ao dobro do registrado em 2016. Destacamos que o CVV, oferece atendimento gratuito pelo chate-mail e, para as cidades de alguns estados, pelo telefone 188. A expansão da chamada sem cobrança no país vem acontecendo desde o ano passado, após convênio assinado com o Ministério da Saúde.

Em Manaus, o Centro de Atendimento ao Cidadão (CAC), o Centro Universitário Fametro, a Universidade Federal do Amazonas (Ufam), a Universidade Nilton Lins, a Universidade do Estado do Amazonas (UEA), a Uninorte, a ESBAM e a ULBRA tem programas de assistência psicológica gratuita, para quem sofre de depressão e ansiedade.

“A grande maioria das pessoas não buscam o tratamento. Muitas falam a respeito com pessoas próximas, mas na maioria das vezes, as pessoas que pedem ajuda não fazem isso de forma direta. Daí a importância ainda maior de falar sobre o assunto. Assim a pessoa se fortalece e volta para buscar ajuda. Como é algo, cujo tratamento demanda profissionais, que na maioria dos casos é somente na rede particular. Ter espaços onde o atendimento é oferecido gratuitamente tem um efeito e resultado muito positivo”, explica a especialista em psicologia clínica Ligia Maria Duque Johnson de Assis, 64, que também atua como supervisora da clínica do Centro Universitário Fametro.

Por Fernanda Lopes

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here