30.5 C
Manaus, BR
19 de outubro de 2020
Destaques Esportes

Sempre acusado de doping por rivais, Borrachinha já fez 13 testes a mais que Adesanya na USADA

Sempre acusado de doping por rivais, Borrachinha já fez 13 testes a mais que Adesanya na USADA

Desde que chegou ao UFC em 2017, a desconfiança sempre esteve ao lado de Paulo Borrachinha no que diz respeito ao doping. Fãs e adversários nunca chance de levantar o assunto quando tiver a oportunidade. E assim fez o próximo adversário dele, o campeão peso-médio Israel Adesanya. O nigeriano, que defende o título contra Borrachinha neste sábado, na Ilha da Luta, assunto o assunto para provocá-lo como pôde. Mas os números da Agência Antidopagem dos EUA (USADA) levantados pelo Combate mostram que eles estão, na verdade, ao lado de Borrachinha, que passou por 13 testes a mais que Adesanya.

Desafiante ao título peso-médio do UFC, Borrachinha chegou à organização em 2017 como campeão do Jungle Fight. Ao longo temporada, ele venceu Garreth McLellan, Oluwale Bamgbose e o ex-campeão meio-médio Johny Hendricks, e passou por oito testes antidoping no programa da USADA. Adesanya ainda não estava na organização e não realizou testes na agência.

Paulo Borrachinha enfrentará Israel Adesanya pelo cinturão peso-médio do UFC – Foto: Jason Silva

No ano seguinte, apesar de só ter lutado com Uriah Hall, em julho, Paulo Borrachinha passou por 18 testículos antidoping. Adesanya chegou ao UFC em 2018, e aquele ano venceu quatro adversários: Rob Wilkinson, Marvin Vettori, Brad Tavares e Derek Brunson. O nigeriano passou por nove testículos, sete a menos que Borrachinha.

No ano passado, em meio a problemas de lesão no bíceps do braço esquerdo, onde realizou duas cirurgias, Paulo Borrachinha lutou de novo apenas uma vez, tendo vencido Yoel Romero em agosto. Ainda assim, o brasileiro realizou 14 testes da USADA e foi, ao lado de Cláudia Gadelha, o mais testado de 2019.

Paulo Borrachinha realizou 45 testes feitos pela USADA – Foto: Reprodução / USADA.org

Nessa mesma temporada, Israel Adesanya venceu Anderson Silva, Kelvin Gastelum e Robert Whittaker. O nigeriano foi testado 13 vezes entre exames de urina e sangue.

Neste ano, os números disponibilizados pela USADA são apenas do primeiro semestre, e pela primeira vez Adesanya é mais testado. O campeão peso-médio do UFC, que lutou apenas com Yoel Romero em 2019, adicionado dez visitas da agência americana. Borrachinha, que não lutou nesta temporada, realizou sete testes.

No total, Israel Adesanya passou por 32 testes da USADA. Paulo Borrachinha foi testado 45 vezes. Vale ressaltar que os lutadores que fazem parte do programa de testes da USADA em parceria com o UFC são obrigados a informar todos os seus passos, para que os enviados pela agência possam sempre encontrar-los para testes surpresas.

Israel Adesanya realizou 32 testes feitos pela USADA – Foto: Reprodução / USADA.org

Borrachinha suspensa por uso de soro

Apesar de nunca ter sido flagrado em testes da USADA, Paulo Borrachinha já foi suspenso por seis meses pela agência por exceder o limite permitido para o uso de soro intravenoso. Isso aconteceu após a pesagem das edições 212 e 217 do UFC. A entidade permitia até 50mL, em 2017, ano que os eventos foram realizados, e o peso-médio utilizou 100ml.

Paulo Borrachinha colaborou com as investigações e, portanto, considerada a pena de seis meses, retroativa a 10 de agosto de 2018, data na qual foi notificado pela USADA. Desta maneira, ele já estava livre para lutar quando saiu a notícia do gancho, em abril de 2019.

O UFC 253 acontece neste sábado, dia 26 de setembro. A transmissão do Combate terá início às 19h30 (horário de Brasília), com o “Aquecimento Combate”. O cartão preliminar, que começa às 20h, terá narração de André Azevedo e comentários de Luciano Andrade. Já o card principal, marcado para as 23h, será comandado por Rhoodes Lima, com os comentários de Ana Hissa. O SporTV 3 e o Combate.com transmitem o “Aquecimento” e as duas primeiras lutas. O local acompanhado todo o evento em Tempo Real.

UFC 253

26 de setembro de 2020, na Ilha da Luta, em Abu Dhabi
CARD PRINCIPAL (23h, horário de Brasília):

Peso-médio: Israel Adesanya x Paulo Borrachinha
Peso-meio-pesado: Dominick Reyes x Jan Blachowicz
Peso- mosca: Kai Kara-France x Brandon Royval
Peso-galo: Ketlen Vieira x Sijara Eubanks Peso-pena: Hakeem Dawodu x Zubaira Tukhugov CARTÃO PRELIMINAR (20h, horário de Brasília): Peso-leve: Brad Riddell x Alex Leko
Peso-meio-médio: Diego Sanchez x Jake Matthews

Peso-pena: Shan e Young x Ludovit Klein
Peso-meio-pesado: William Knight x Aleksa Camur

Peso-pesado: Juan Espino x Jeff Hughes

Peso-meio-pesado: Khadis Ibragimov x Danilo Marques

Consulte Mais informação

Publicações Relacionadas

Prazo para pagamento da taxa de inscrição do Enem 2020 termina hoje

Francisco Araujo

Paloma Tocci assume namoro com Rubens Barrichello: 'Um amor improvável'

Redacao

Ser trabalhador

Francisco Araujo

Deixe um comentário

WhatsApp chat