FOTOS: Alex Pazuello/ Secom

Candidatos terão até esta sexta-feira (09/02) para comparecerem a uma escola polo para apresentar a documentação

 

A Secretaria de Estado de Educação e Desporto Escolar prorrogou o prazo para a entrega de documentos do projeto Jovem Bilíngue. Os alunos que se inscreveram para concorrer a uma vaga no projeto têm até esta sexta-feira (09/02) para apresentarem as documentações exigidas no edital.

Os  documentos comprobatórios como comprovante de residência, certidão de nascimento, CadÚnico (NIS), laudo (estudante declarado PCD) e boletim ou histórico escolar, devem ser entregues no polo (escola) indicado no ato de inscrição.

 

A lista de inscritos, bem como a relação das escolas polos aptas a receberem a documentação, estão disponíveis na aba “PSS Jovem Bilíngue 2024”, no portal da Secretaria de Educação, pelo link http://www.seduc.am.gov.br/pss-jovem-bilingue-2024.

 

De acordo com a coordenadora pedagógica do projeto “Jovem Bilíngue”, Nírley Holanda, o novo prazo garantirá que os responsáveis pelos alunos tenham tempo hábil para reunirem a documentação e entregarem nas escolas.

 

A próxima fase do projeto é a de homologação, do dia 6 a 9 de fevereiro; seguida do resultado preliminar, no dia 15 do mesmo mês; depois o prazo para recurso (16 de fevereiro) e o resultado final no dia 20 de fevereiro. As matrículas, que acontecerão de 21 a 24 fevereiro, também deverão ser realizadas de forma on-line em link a ser divulgado pela Secretaria de Estado de Educação e Desporto Escolar e Instituto Cultural Brasil – Estados Unidos (Icbeu).

 

Jovem Bilíngue

 

O projeto Jovem Bilíngue desenvolvido pelo Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Educação, em parceria com o Icbeu, ofertará até 1 mil bolsas de estudo para o curso de Língua Inglesa na instituição. A iniciativa é voltada, exclusivamente, para alunos da 1ª série do Ensino

Médio Regular, da rede estadual de ensino, da capital.

 

Critérios

 

Os alunos inscritos deverão atender aos requisitos básicos previstos no edital, entre os quais ter idade mínima de 14 anos e estar cursando a 1ª série do Ensino Médio Regular.

 

As 1 mil vagas serão preenchidas seguindo os percentuais de 60% para os que possuem Cadastro Único (CadÚnico) (600 vagas); e 40% para ampla concorrência, das quais 20% (80 vagas) serão destinadas aos alunos com deficiência.

 

Caso não haja candidatos classificados suficientes para atender às vagas destinadas aos candidatos com inscrição no CadÚnico e PCDs, estas vagas serão remanejadas automaticamente para Candidatos-Geral que atendam aos requisitos do edital.

 

Contato para a imprensa: Assessoria de Comunicação da Secretaria de Estado de Educação e Desporto