Roubo a ônibus do transporte público reduz 37% nos cinco primeiros meses do ano

Foto: Divulgação/SSP-AM

O aumento das operações e também a realização de patrulhamento ostensivo impactou na redução do número de roubos no transporte coletivo, em Manaus. Nos cinco primeiro meses deste ano, foram registrados 772 crimes, uma redução de 37% comparada ao mesmo período do ano passado, quando foram notificados 1.237 roubos dentro de ônibus.

Os dados são da Secretaria de Segurança Pública (SSP-AM). Somente em maio, a queda no número de roubo a ônibus foi de 44,3%, com 129 registros contra 232 de maio do ano passado.

A Polícia Militar desenvolve diversas ações para coibir os assaltos dentro do transporte coletivo, dentre elas as operações Águia e Catraca. De acordo com o comandante do Comando de Policiamento Metropolitano (CPM), coronel Jorge Alves, a intensificação de ações preventivas direcionadas à redução de crimes dessa natureza tem impactado positivamente.

“A participação da população é fundamental. Nós temos o aplicativo ‘Aviso’ e ainda a nova dinâmica de abordagens a coletivos, a qualquer momento, nos trajetos das linhas, além das ações saturação e ocupação, nas áreas de maior incidência criminal, também foram determinantes para essa redução dos índices”, disse.

Instaurando inquéritos policiais e investigando indivíduos envolvidos com roubos em transporte coletivo, a Polícia Civil vem realizando diversas prisões ao longo do ano, de criminosos contumazes em crimes dentro dos coletivos.

Segundo o delegado Torquato Mozer, titular do 30º Distrito Integrado de Polícia (DIP), nos últimos meses parte das investigações e prisões giraram em torno de criminosos envolvidos com roubos. Ao todo, aproximadamente dez homens foram presos, sendo cinco por mandado de prisão preventiva.

“Além das prisões e investigações rotineiras na delegacia, também focamos em fazer o levantamento de quem estava fazendo assaltos nos ônibus da área, identificamos autoria e materialidade e conseguimos efetuar a prisão desses indivíduos que vinham cometendo assaltos em série, muitas vezes, no mesmo ônibus”, afirmou.

Com informações da Assessoria

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here