24.5 C
Manaus, BR
7 de maio de 2021
Destaques Empreendedorismo Especiais

Projeto Sebrae Delas incentiva e orienta mulheres interessadas em empreendedorismo

Durante o tempo em que o ser humano esteve na Terra, mudanças acontecem a todo momento. Desde os seus primórdios até os instantes mais recentes, a visão do que é mulher e do que ela pode fazer também mudou.

Uma dessas alterações de olhar é o de reconhecer o potencial empreendedor que a mulher pode exercer, o que também é reconhecimento do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) através da criação do projeto Sebrae Delas (Desenvolvendo Empreendedoras Líderes Apaixonadas pelo Sucesso).

Para saber mais sobre o projeto, o portal Amazônia Press conversou nesta segunda-feira (26) com Maria Cione Guimarães Queiroz, analista técnica e gestora do projeto de empreendedorismo feminino no Amazonas. 

Para Queiroz, o mundo mudou e com as mudanças vieram novos desafios.

“Um momento que pede coragem, trabalho e união. Mulheres de todo o Brasil mostram enorme capacidade de inovar e seguir adiante, mesmo que às vezes seja preciso dar um passo atrás.”, comentou Maria Cione sobre a mudança na relação da mulher com o empreendedorismo. “É por acreditar nessa força das mulheres nos negócios que o Sebrae trabalha para impulsionar ainda mais o empreendedorismo feminino, orientando e inspirando as empreendedoras. Se uma empresária já contribui tanto para fazer girar a economia, junto com o Sebrae, elas têm o poder de transformar a realidade e protagonizar o desenvolvimento de suas comunidades”, declarou ela.

O que é o projeto Sebrae Delas?

O projeto Sebrae Delas é um projeto que ajuda ideias embrionárias e acelera pequenas empresas lideradas por mulheres empreendedoras. Maria Cione contou que o projeto desenvolve também as competências, comportamentos e habilidades, espalhando a cultura empreendedora e aumentando a probabilidade de sucesso dos negócios liderados por mulheres. Com a sua criação, o Sebrae reconhece a necessidade de um projeto exclusivo para o público feminino que deseja ser independente, vender mais, aumentar seus lucros, conquistar novos clientes, fazer novos contatos para divulgar seu negócio e, assim, tornar seu sonho de empreender realidade.

Mulheres podem desenvolver a alma empreendedora

Segundo o depoimento da gestora do projeto Sebrae Delas no Amazonas, “As mulheres empreendedoras contribuem para um ambiente empreendedor mais capacitado, valorizam mais a educação de suas famílias, trazem impacto para a economia local”. Ainda com toda essa vocação, Maria Cione diz que o processo não é tão simples e que vários fatores necessitam ser modificados. Exemplos desses fatores que precisam ser mudados são políticas governamentais e financeiras. “Por isso a ONU instituiu, em 2014, o Dia Global do Empreendedorismo Feminino, com o objetivo de chamar a atenção de entidades governamentais e empresas para a importância do impacto econômico que elas produzem”, apontou ela. 

Maria Cione continuou seu depoimento, falando que o projeto de empreendorismo feminino nasce com a punjância de quem já desenvolve ações específicas para as mulheres, com o projeto ‘Delas, Mulheres de Negócios’, criado pelo Sebrae Nacional. “Alguns comportamentos podem mostrar se uma pessoa nasceu com o DNA empreendedor. Entre eles estão: otimismo, autoconfiança, protagonismo, persistência e tolerância ao risco. Se a pessoa tem todas essas características é um empreendedor nato. Agora, quem não nasceu com essa vocação, pode sim desenvolver a alma empreendedora.”, indicou a gestora do projeto no Amazonas.

Sebrae Delas é acessível a mulher amazonense com vontade de empreender

Para participar do projeto de empreendedorismo feminino do Sebrae Amazonas, é preciso ser candidata a empresária, microempreendedora individual, uma mulher que tem uma empresa de pequeno porte, potencial empresária ou microempresária. O projeto Sebrae Delas oferece acesso a eventos online com conteúdo diferenciado e formato inovador, bem como seminários, oficinas, webinars, startup weekends e maratonas que tornarão possível a troca de experiências, informações e muito conhecimento.

Para a mulher interessada em se inscrever, basta se inscrever no seguinte formulário https://docs.google.com/forms/d/1F8Jkqqq73plqgqP1UWC7F3-7cIscOsN9M3q9-zTHWUs/viewform?edit_requested=true

Publicações Relacionadas

Veja novos ajustes do decreto anunciado por Wilson Lima

Flavia da Hora

Alimentos regionais vindos da ADS serão doados as famílias carentes

Jeanne Gade

Prefeitura inicia nesta terça, vacinação de idosos em instituições de longa permanência

Francisco Araujo

Deixe um comentário

WhatsApp chat