30.9 C
Manaus, BR
19 de outubro de 2020
Cultura

Prefeitura realiza reuniões para tirar dúvidas sobre editais da Lei Aldir Blanc

Foto: Divulgação/Manauscult

Artistas e trabalhadores da cultura interessados em inscrever seus projetos nos editais da Lei Aldir Blanc, lançados pela Prefeitura de Manaus, poderão tirar suas dúvidas por meio de reuniões on-line. Os encontros acontecerão nos dias 19, 22 e 26 de outubro, por meio da plataforma Zoom. As reuniões serão conduzidas por representantes da Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult), que apresentarão os editais e responderão a dúvidas e esclarecimentos dos artistas interessados.

Na segunda-feira, 19, o encontro acontece das 14h às 16h. Já nos dias 22 (quinta-feira) e 26 (segunda-feira), as reuniões serão realizadas das 19h às 21h. Os links para cada reunião estão disponíveis no calendário completo abaixo. Os interessados poderão participar acessando os respectivos links na data e hora de cada encontro, com a senha de acesso “aldirblanc” (tudo em minúsculas).

Além das reuniões on-line, ao longo de todo o período de inscrições dos editais, que segue até o dia 28 deste mês, os interessados também podem entrar em contato e enviar suas dúvidas pelo e-mail [email protected].


Editais

A Prefeitura de Manaus lançou na última terça-feira, 13, 11 editais referentes à execução da Lei Federal Aldir Blanc na capital: são dez editais voltados a projetos artísticos e culturais e um edital de auxílio aos espaços culturais afetados pela pandemia da Covid-19. Juntos, os editais representam um investimento total de R$ 14.086.000.


O fomento a projetos artísticos e culturais se dá por meio do Prêmio Manaus de Conexões Culturais, dividido em dez editais: artes visuais, audiovisual, circo, cultura hip hop, cultura infância (projetos voltados ao público infantojuvenil), dança, literatura, manifestações culturais, música e teatro. Cada edital possui módulos financeiros diferentes de acordo com a categoria, que podem ir de prêmios de R$ 5 mil até R$ 150 mil. Os editais se referem à aplicação prevista no inciso III da Lei Aldir Blanc.


Já o edital de credenciamento oferece subsídio mensal, nos valores de R$ 3 mil, R$ 6 mil ou R$ 10 mil, a espaços e empresas artísticas e culturais que tenham tido suas atividades interrompidas por conta da pandemia da Covid-19, de acordo com o previsto no inciso II da Lei Aldir Blanc.


Pessoas físicas e jurídicas podem participar. As inscrições vão até o dia 28 e todo o processo deve ser feito on-line, pelo site da prefeitura, em manaus.am.gov.br, na aba Manauscult, no ícone “Editais Lei Aldir Blanc”, ou pelo link direto: bit.ly/EditaisLeiAldirBlanc.

Lei Aldir Blanc

A Lei nº 14.017/2020, conhecida como Lei Aldir Blanc, destina o repasse de R$ 3 bilhões para Estados e municípios, com o objetivo de realizar ações emergenciais voltadas ao setor cultural afetado pela pandemia. A lei foi regulamentada em nível federal, por meio do Decreto nº 10.464/2020. Já a regulamentação em âmbito municipal foi publicada na última sexta-feira, 9, por meio do Decreto nº 4.923/2020, assinado pelo prefeito Arthur Virgílio Neto, e publicado na edição n° 4.944, do Diário Oficial do Município (DOM).

A regulamentação estabelece que a Prefeitura de Manaus, por meio da Manauscult e do Concultura, é responsável pela renda emergencial dos espaços artísticos e culturais da cidade afetados pela pandemia, além da publicação de editais e chamadas públicas. Já o auxílio mensal de R$ 600 para trabalhadores da cultura é de responsabilidade do governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Cultura e Economia Criativa (SEC).

Calendário de reuniões de “tira-dúvidas”

19/10 (segunda) – 14h às 16h

Link – bit.ly/reuniaoeditais1

Senha para acesso – aldirblanc

22/10 (quinta) – 19h às 21h

Link – bit.ly/reuniaoeditais2

Senha para acesso – aldirblanc

26/10 (segunda) – 19h às 21h

Link – bit.ly/reuniaoeditais3

Senha para acesso – aldirblanc

*Com informações da Semcom

Publicações Relacionadas

Dia de São Sebastião é celebrado com procissão no Rio

Fabiane Monteiro

Orquestra de Violões do Amazonas apresenta ‘Ópera Bem Temperada’

Fabiane Monteiro

Espaço acessível democratiza acesso ao Festival de Parintins

Redacao

Deixe um comentário

WhatsApp chat