28.3 C
Manaus, BR
17 de junho de 2021
Saúde

Prefeitura abre cadastramento no Imuniza Manaus para gestantes e puérperas

Foto: Marcely Gomes / Arquivo Semcom

Depois de abrir o Imuniza Manaus para o cadastro de trabalhadores da saúde e pessoas com deficiência permanente, a Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), ampliou o sistema, nesta quinta-feira, 6/5, para o cadastramento de mulheres gestantes e em fase de puerpério (até 45 dias após o parto), com idade acima de 18 anos. A vacinação contra a Covid-19 para este grupo deve começar na próxima semana, priorizando as usuárias que apresentam comorbidades, condição que eleva os riscos à saúde durante e após a gravidez.

“Como nas etapas anteriores, seguimos a orientação do prefeito David Almeida de antecipar o cadastramento dos públicos a serem atendidos nas fases seguintes da campanha. Essa providência tem garantido organização e segurança tanto no planejamento das novas etapas, quanto no atendimento aos usuários nos postos de vacinação”, explica a titular da Semsa, Shádia Fraxe.

Para realizar o cadastro, é preciso acessar o http://imuniza.manaus.am.gov.br/ e escolher a opção “Cadastro de Cidadão”. Depois de preencher os dados pessoais (nome, data de nascimento, CPF e telefone de contato), a mulher deve informar no item “Categoria” se é gestante ou puérpera e, na opção “Grupo”, se tem ou não comorbidade.

Desde a última atualização do Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação contra a Covid-19, o Ministério da Saúde considera gestantes e puérperas um grupo prioritário para a imunização. A decisão, de acordo com Nota Técnica emitida pelo órgão no último dia 26 (467/2021-CGPNI), leva em conta o risco de hospitalização e morte de gestantes e puérperas em consequência da Covid-19.

O documento diz que evidências científicas e dados epidemiológicos disponíveis no momento mostram que a gestação e o puerpério são fatores de risco quando associados à Covid-19, levando tanto à hospitalização e ao óbito, como ao parto prematuro e ao abortamento.

A população estimada de gestantes em Manaus é de 28,4 mil mulheres e de puérperas, 4,7 mil. Dessas, 15%, o que representa um público de 4,3 mil pessoas, estão incluídas na classificação “alto risco”, com prioridade na imunização, independentemente da idade.

A data de início da vacinação desse grupo será definida pela Semsa até esta sexta-feira, 7/4. As mulheres que se enquadram nas condições de prioridade serão orientadas quanto aos locais, horários e documentos necessários para garantir o atendimento.

A vacina utilizada para a fase inicial de vacinação das gestantes e puérperas será a Pfizer/Biontech. Aproximadamente 5 mil doses do imunizante foram destinadas a Manaus e já estão armazenadas na Fundação de Hematologia e Hemoterapia do Amazonas (Hemoam), em ambiente climatizado nas condições de baixíssima temperatura determinadas pelo fabricante.

*Com informações da Semcom

Publicações Relacionadas

Morre homem com suspeita de coronavírus em Manaus

Redacao

Prefeitura ajuíza ação civil pública na Justiça Federal para vacinação de coveiros

Luciana Silva

Setor aéreo é prejudicado por causa da crise do coronavírus

Redacao

Deixe um comentário

WhatsApp chat