Prefeito de cem milhões, atrás das grades outra vez

prefeito_cem_milhoes_denuncia_atras_das_grades
Dinheiro apreendido na operação 'Patrinus' - Foto: Divulgação/Ministério Público (MP)

Denúncia feita contra o prefeito de Coari, Adail Filho, é instaurada por Ministério Público (MP), dessa vez, por nepotismo. Médico que tem parentesco com secretário municipal de administração da Prefeitura de Coari, recebeu em torno R$ 84 mil.

O prefeito Adail Filho (PP), mais conhecido como ‘o prefeito de 100 milhões de reais’ volta a ser protagonista em caso da Justiça e vítima nos veículos de comunicação do Estado. A denúncia do Ministério Público do Amazonas, também acusa o prefeito de perseguição à testemunha no município.

Após sair da prisão, denúncias contra Adail Filho chegaram aos montes nos órgãos de combate à corrupção e ao crime organizado do Amazonas. De acordo com informações, alguns funcionários fantasmas estão recebendo pagamento, sem trabalhar. Além de desvios de gasolina e outras denúncias relacionadas a colaboradores e secretários próximos de Adail.

Na operação ‘Patrinus’, a Polícia Federal prendeu Adail por esquema de corrupção e desvio de dinheiro. Com novas denúncias, o prefeito de cem milhões pode retornar à cadeia.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here