28.3 C
Manaus, BR
5 de agosto de 2021
Segurança

Polícia Civil diz que repassar telefones pessoais de familiares de desaparecidos pode representar riscos e atrapalhar investigações

A Polícia Civil do Amazonas (PC-AM), recomenda que familiares de pessoas desaparecidas não informem número de telefones pessoais, pois essa conduta pode representar risco as famílias e atrapalhar as investigações.

De acordo com a titular da Delegacia Especializada em Ordem Política e Social (Deops), delegada Catarina Torres, o compartilhamento de contatos pessoais é um risco e pode despertar a curiosidade de infratores.

“No momento do registro do Boletim de Ocorrência, é preciso confiar no trabalho da polícia, porque o objetivo é cuidar das investigações. Então é uma satisfação para nós cumprir o nosso dever e dar o retorno para a família da vítima”, explicou a delegada.

Ainda de acordo com informações, casos de desaparecimento de crianças e adolescentes devem ser registrados na Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente (Depca).

Já nos casos de desaparecimento de adultos, o registro precisa ser feito na Deops.

Para fazer o registro de Boletim de Ocorrência (BO), familiares devem apresentar documento com foto para atestar parentesco com o desaparecido.

Familiares não precisam esperar 24h para registrarem o desaparecimento, e o BO pode ser registrado em qualquer delegacia, quanto antes for informado a polícia, maiores são as chances do desaparecido ser encontrado.

Em caso de retorno ou familiares acharem o desaparecido, deve-se comunicar o fato à polícia.

Denúncias

Para denúncias anônimas que informem o paradeiro de uma pessoa desaparecida, a população auxilia nas investigações ligando para o número 190, para o Linha Direta da Deops, no (92) 3214-2268, ou para o 181, o disque-denúncia da Secretaria de Segurança Pública (SSP-AM).

Publicações Relacionadas

PMAM intensifica policiamento a pé nas áreas comerciais afetadas pela cheia no Centro

Edivan Filho

Defensoria promoverá ação itinerante especial para Mulheres

Redacao

Uma tonelada de pescado ilegal é apreendido pelo Batalhão Ambiental

Jeanne Gade

Deixe um comentário

WhatsApp chat
takipçi al takip2018 takipcihilesi
takipçi al takip2018 takipcihilesi