24.5 C
Manaus, BR
26 de janeiro de 2021
Economia

Pesquisa da CNC mostra faturamento em empregos e turismo no Brasil

pesquisa_cnc_faturamento_turismo_empregos

Dados divulgados pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), nesta quarta-feira (2), mostram um crescimento crescente no turismo brasileiro e na geração de empregos.

A pesquisa aponta que o faturamento foi mais de R$ 136,7 bilhões apenas nos primeiros quatro meses de 2019. O maior registrado em quatro anos. Após o saldo positivo de 25 mil empregos gerados nos últimos 12 meses, é estimado que o turismo faturou R$ 20,4 bilhões em julho deste ano.

“O país vem respondendo positivamente às ações do Ministério do Turismo e do governo federal, demonstrando todo o potencial que nossas belezas e atrativos têm e conquistando a confiança de empreendedores e investidores em nossa economia”, disse Marcelo Álvaro Antônio, ministro do Turismo.

Na área de empregos não está diferente. A pesquisa da CNC mostra que nos últimos 12 meses, as regiões do país tiveram saldos positivos de empregos. Ao todo, 12 mil vagas no Sudeste; 3,3 mil no Sul; 2,3 mil no Nordeste; 1,2 mil no Norte e 6,1 mil no Centro-Oeste. O resultado deu-se em vista o bom desempenho de segmentos de hospedagem, alimentação, cultura e lazer.

O crescimento do faturamento foi de 9% em relação a julho de 2019. Se levar em consideração julho de 2018, o crescimento foi de 1,5%. Destacam-se nesse segmento, restaurantes, com faturamento de R$ 10,8 bilhões (3,9% em relação a junho) e transportes de passageiros, com R$ 5,6 bilhões (20,2% em relação a junho).

“O crescimento do faturamento mensal dá indicativos de alta para os próximos meses, em sintonia com a performance esperada para a economia neste segundo semestre, principalmente em função das possibilidades de gastos dos consumidores”, conta José Roberto Tadros, presidente da CNC

De acordo com os números obtidos pela CNC, em parâmetros com a Pesquisa Anual de Serviços (PAS), o Índice de Atividades Turísticas (Iatur) e pesquisas do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o Sudeste apresentou o maior volume de faturamento, com R$ 12,5 bilhões. A segunda maior, Sul, registrou R$ 3,33 bilhões.

 

Publicações Relacionadas

Governo anuncia R$ 500 milhões do BNDES para caminhoneiros autônomos

Redacao

Confira o ensaio sensual da modelo Hilo

Redacao

Inflação do aluguel é de 6,39% em 12 meses

Conceição Melquiades

Deixe um comentário

WhatsApp chat