Foto ilustrativa

Um pastor, de 41 anos, que não teve o nome divulgado, foi preso na quinta-feira (29), condenado por estupro de vulnerável em Manaus. O caso aconteceu em 2005, quando a garota tinha 12 anos e ele 22.

De acordo com a delegada Joyce Coelho, titular da Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente (Depca), o pastor conheceu a vítima na igreja em que frequentavam, e depois de um tempo, passou a trocar mensagens de cunho sexual com a garota.

Ele então marcou um encontro e a levou para uma construção abandonada, onde cometeu o estupro.

O pastor foi denunciado e sentenciado a 10 anos de prisão, mas estava foragido por todo esse tempo, no entanto, durante investigações da Depca, foi constatado que ele estava morando atualmente no bairro do Jorge Teixeira, com a esposa.

Ele foi levado para a delegacia para procedimentos cabíveis e será encaminhado ainda hoje para um presídio.

AMPOST