Parceria entre Sema e Bombeiros forma 20 brigadistas para combate a queimadas

Foto: Francisca Pimentel/Sema

Mais 20 moradores de Unidades de Conservação (UCs) estaduais receberam a formação de brigadistas para combate a queimadas. A formação ocorreu na Reserva de Desenvolvimento Sustentável (RDS) do Rio Amapá, no município de Manicoré (a 332 quilômetros de Manaus), entre os dias 25 e 28 de julho.

As formações em UCs estaduais ocorrem por meio de parceria entre a Secretaria de Estado do Meio Ambiente (Sema), que gerencia estas áreas protegidas, e o Corpo de Bombeiros Militar do Amazonas (CMBAM), e fazem parte da estratégia do Comitê Estadual de Prevenção e Combate aos Incêndios Florestais, Controle de Queimadas e Monitoramento da Qualidade do Ar, coordenado pela Sema.

Bombeiros do Batalhão de Incêndio Florestal e Meio Ambiente (BIFMA) realizaram a capacitação, que formou 20 alunos de seis comunidades da reserva: Boa Esperança, Urucury, Democracia, Jatuarana, Vista Alegre e Santa Eva. Com a formação, os voluntários estão aptos a atuar no combate a focos dentro e no entorno da UC.

O curso abordou temas relacionados ao combate de incêndios florestais e técnicas de primeiros socorros, desde a imobilização até o transporte de feridos utilizando recursos improvisados ou adquiridos na própria natureza. Além disso, os comunitários também receberam orientações do uso correto do GPS e da bússola.

De acordo com a técnica de Conservação Ambiental da Sema, Francisca Pimentel, ter brigadistas dentro das áreas protegidas favorece o combate e o controle de queimadas nestas áreas, que possuem baixos índices de desmatamento e focos de calor.

“O curso possibilitará aos comunitários atuar nos possíveis focos de incêndio na RDS, além de agir na prevenção de focos de calor. É importante realizar estas formações, principalmente neste período de estiagem, quando a UC fica mais suscetível às ocorrências de queimadas”, disse.

Mais capacitações

Em julho, além da RDS do Rio Amapá, foram capacitados também moradores da RDS do Rio Madeira e da RDS do Igapó-Açu. Os cursos de formação de brigadistas deverão ser realizados também nas reservas Extrativista (Resex) Canutama, Floresta Estadual de Canutama, Parque Estadual Rio Negro Setor Norte, Áreas de Proteção Ambiental (APAs) Nhamundá e Guajuma, RDS Puranga Conquista e Mosaico do Apuí. Outras UCs estão recebendo também campanhas educativas, oficinas de manejo de foco, entre outras.

Como denunciar

Os casos de queimadas irregulares podem ser denunciados ao Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (Ipaam) por meio dos telefones (92) 2123-6715 e 2123-6729, das 8h às 17h, ou pelo (92) 98455-7379 (WhatsApp).

Além disso, elas também podem ser registradas pessoalmente na sede do Ipaam, localizado na avenida Mário Ypiranga, 3.280, Parque Dez, zona centro-sul de Manaus, ou pelo e-mail. No interior, os casos podem ser denunciados às Secretarias Municipais de Meio Ambiente.

Em caso de emergência, o cidadão pode acionar o Corpo de Bombeiros por meio do telefone 193.

Com informações da assessoria

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here