24.5 C
Manaus, BR
7 de maio de 2021
Mundo

Painel dos EUA quer mais dados antes de decidir sobre vacina da J&J

Um painel consultivo dos Estados Unidos (EUA) solicitou mais dados nessa quarta-feira (14) sobre a vacina da Johnson & Johnson contra a covid-19, antes de decidir se vai retomar a aplicação do imunizante de dose única. Com isso, a votação foi adiada por uma semana ou mais.

O painel consultivo do Centro para Controle e Prevenção de Doenças (CDC) decidiu adiar a votação sobre a melhor forma de usar a vacina da J&J, mesmo depois que um cientista da Agência de Alimentos e Medicamentos (FDA) disse aos consultores que acreditava que alertas do órgão permitiriam aos médicos avaliar os riscos e benefícios da vacina.

O painel está analisando seis casos relatados de coágulos sanguíneos cerebrais raros em mulheres que receberam a vacina, um dia depois que a FDA e o CDC recomendaram em conjunto suspender seu uso para avaliar a questão.

A médica Lynn Batha, epidemiologista do Departamento de Saúde de Minnesota, e outros especialistas defenderam a suspensão para coletar mais informações de segurança.

“Ao ter informações mais robustas, acredito que possamos estar mais confiantes sobre a segurança desta vacina”, disse ela a outros membros do painel consultivo.

Com informações agência Brasil. Foto: divulgação/amazoniapress

Publicações Relacionadas

China tem 17 mortes causadas pelo coronavírus

Fernanda Lopes

Google suspende parte de acesso da Huawei ao Android

Conceição Melquiades

Argentina amplia toque de recolher obrigatório

Edivan Filho

Deixe um comentário

WhatsApp chat