24 C
Manaus, BR
4 de junho de 2020
Segurança

Pai estuprava as filhas há 4 anos; mãe sabia de tudo

Uma mulher de 33 anos, que não teve a identidade divulgada, foi presa no município de Maués, interior do Amazonas, por omissão. A mesma permitia que suas filhas, que são menores de idade ambas de 11 e 13 anos, fossem estupradas pelo próprio pai.
O estupro acontecia na residência da família e o homem é pai biológico das crianças e comete o crime há pelo menos quatro anos. A mulher de 33 anos disse aos policiais que sabia dos abusos cometido pelo marido mas que era ameaçada de morte pelo homem.

Casos como esse são recorrentes no interior de Manaus e sempre são omitidos por familiares e vizinhos que temem represálias. Os vizinhos também eram ameaçados e por isso, se mantinham em silêncio.

O conselho tutelar de Maués soube do caso através de uma denúncia anônima e pediu apoio da equipe social e da policia que apurou os fatos imediatamente.

Quando a polícia chegou a residência, encontraram a mulher com seus dois filhos menores, um de 4 anos e outro de 1 ano. O homem acusado dos abusos às menores ao ver a movimentação da polícia na residência evadiu-se do local.

As crianças confirmaram o estupro por parte do pai e falaram que a mãe sabia de tudo.

Em depoimento a mãe das crianças relatou saber dos abusos às filhas e que era obrigada a sair da residência para que o homem praticasse o ato com as crianças.

“Ela confessou para a gente que sabia sim do crime, mas se colocou também como vítima. Ela disse que recebia uma série de ameaças”, contou um dos policiais envolvidos na ação, que não quis se identificar.

Aos policiais, a mãe das vítimas contou que o marido a ameaçava de morte para que ela mantivesse o silêncio sobre o crime sexual.

Ela foi apresentada no 48º DIP com sua integridade física e psicológica preservadas. As crianças foram levadas para um abrigo e estão sob a tutela dos conselheiros tutelares.
Os policiais ainda fizeram buscas pelo suspeito, mas ele não foi localizado.

A polícia recolheu os documentos dele, que foram abandonados durante a fuga e vão solicitar a prisão preventiva do pai. Na casa, os policiais encontraram uma arma caseira, que seria utilizada para ameaçar a mulher e possíveis delatores.

Publicações Relacionadas

Garota de programa é morta a tiros no centro de Manaus

Lara Tavares

Facção invade bairro fazendinha para executar rivais

Lara Tavares

Bebê de um ano é estuprado em banheiro

Lara Tavares

Deixe um comentário

WhatsApp chat