O plano de 100 dias da Sepror para o setor primário no Amazonas

Visando retomar o desenvolvimento do setor primário no Estado do Amazonas, o novo secretário titular da Secretaria de Estado da Produção Rural (Sepror), Petrúcio Magalhães, apresentou, no último dia 09 de janeiro, as ações prioritárias da secretaria para os primeiros 100 dias de gestão. Beirando a metade do período, o que já foi feito?

O plano prevê, em linhas gerais, a otimização no encaminhamento dos recursos destinados ao setor primário, que saltou de R$ 96 milhões em 2018 para mais de R$ 400 milhões no corrente ano em determinação da PEC de 3%.

Entre as prioridades da nova gestão, está também a ênfase nos programas Pró-Mecanização, Pró-Calcário e Pró-Semente; bem como a redução no desperdício das feiras populares em Manaus, competitividade no preço da ração destinada aos produtores do estado e a capacitação contínua de extensionistas, visando um atendimento técnico eficiente.

Termo de cooperação técnica com a Embrapa

O Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal Sustentável do Estado do Amazonas (Idam), órgão vinculado ao Sistema Sepror, assinou, no último dia 25 de janeiro, Termo de Cooperação Técnica junto à Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) proporcionando, em conformância às pretensões do secretário durante o período inicial de 100 dias, a capacitação do seu quadro técnico, que atuará junto aos produtores rurais do Amazonas.

Implementos agrícolas

Foram entregues aos escritórios do Idam, 36 botes, 16 caminhões-baú e oito caminhões pick-ups, que serão empregados nos trabalhos desenvolvidos por produtores de diversas cadeias produtivas, como piscicultura, fruticultura e aquicultura. Petrúcio destaca a importância de tais equipamentos e a eficiência dos resultados obtidos em pouco tempo,  “Em pouco mais de 40 dias, conseguimos destravar os convênios com o governo Federal e que previam, em seu objeto, a aquisição de equipamentos fundamentais que serão utilizados pelos nosso técnicos de assistência técnica e extensão rural no interior”, comentou o secretário.

Parceria junto à Conab

“Agradeço à Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), na pessoa de deu superintendente Serafim Taveira, que não mediu esforços para o fornecimento de 18,6 toneladas de sementes de milho que beneficiarão cerca de 930 famílias do interior, garantindo a segurança alimentar e nutricional da nossa gente”.

Fotos: Alberto Mensageiro

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here