28 C
Manaus, BR
23 de janeiro de 2021
Destaques Saúde

“Ninguém receberá a vacina antes de Manaus”, afirma ministro da Saúde

O ministro da Saúde, general Eduardo Pazuello, afirmou nesta quarta-feira (13), durante pronunciamento que a campanha de vacinação contra o Covid-19 ocorrerá ainda em janeiro, e que Manaus será prioridade.

“Vamos vacinar em janeiro e Manaus será também a primeira a ser vacinada. Ninguém receberá a vacina antes de Manaus”, disse o ministro. “A vacina será distribuída simultaneamente em todos os estados, na sua proporção de população, e Manaus terá essa prioridade também”, destacou.

O ministro da Saúde também chamou atenção para o fato de que mesmo com as vacinas, as pessoas não poderão viver como se a doença deixasse de existir.

“A vacina induz a produção de anticorpos, essa é a função da vacina, ela vai induzir a produção de anticorpos. Quem produz os anticorpos é o próprio ser humano. Essa produção de anticorpos não é no dia seguinte. A literatura fala de 30 a 60 dias. Não é tomar a vacina no dia 20 e no dia 22 estar na rua fazendo festa. Nem vai resolver o problema da infraestrutura e do tratamento precoce de Manaus”, pontuou.

Pazuello disse que um avião buscará hoje 2 milhões de doses da vacina de Oxford na Índia. Segundo o ministro, serão distribuídas cerca de oito milhões de doses, três ou quatro dias após a Agência de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovar o uso do imunizante.

A expectativa é de que as vacinas cheguem ao Brasil até dia 18 de janeiro, mas, segundo o ministro da Saúde, as doses podem estar disponíveis no país no dia 16.

Publicações Relacionadas

Mabel vence a morte após ser esfaqueada durante Carnaval

Redacao

Policial Militar assassinado com tiro no abdome durante tentativa de assalto

Jeanne Gade

Feirão Limpa Nome da Serasa termina nesta segunda-feira

Redacao

Deixe um comentário

WhatsApp chat