27 C
Manaus, BR
6 de julho de 2020
Amazônia Política

Ministros da Casa Civil, da Defesa e do Meio Ambiente chegam a Manaus para debater o desmatamento e queimadas

Ministros_Casa Civil_Defesa _ Meio Ambiente chegam a Manaus_governador_Wilson Lima

Na tarde desta segunda-feira (02), Wilson Lima foi à Base Aérea de Manaus, na zona sul, receber a comitiva interministerial que vai reunir com os governadores dos estados da Amazônia Ocidental: Acre, Amazonas, Rondônia e Roraima. A reunião será realizada nesta terça-feira (03), às 10h, na sede do Governo do Amazonas, bairro Compensa II, zona oeste da capital.

Na comitiva estão os ministros da Casa Civil da Presidência, Onyx Lorenzoni; do Meio Ambiente, Ricardo Sales, e da Defesa, general do Exército, Fernando Azevedo e Silva. Também integram o grupo o secretário geral da Presidência, Jorge Antônio de Oliveira, o presidente do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), Eduardo Fortunato Bim, o presidente da Fundação Nacional do Índio (Funai), Marcelo Augusto Xavier da Silva, e o presidente do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), general do Exército, João Carlos de Jesus Correia.

Os governadores do Acre, Gladson Cameli, de Roraima, Antônio Denarium, e de Rondônia, Marcos Rocha, confirmaram presença no encontro. A reunião em Manaus será para discutir medidas de combate a queimadas e propostas para o desenvolvimento sustentável da Amazônia.

A reunião é para tratar sobre as ações que já estão sendo tomadas no estado do Amazonas e nos outros estados, para combater o desmatamento e também as queimadas.

O governador reafirmou que é preciso avançar nas discussões sobre desenvolvimento sustentável. “Nós precisamos avançar em algumas questões que há muito tempo não tiveram os encaminhamentos necessários, como regularização fundiária, zoneamento ecológico-econômico, estrutura mínima de produção e desenvolvimento sustentável para algumas regiões, o fomento para algumas cadeias, para que efetivamente a gente possa dar condições de sobrevivência para o cidadão que mora aqui”, frisou.

Wilson Lima destacou que será mais uma oportunidade de fortalecer a defesa da Zona Franca de Manaus. “É um momento também muito importante para falar do maior projeto de preservação da Amazônia que é a Zona Franca de Manaus, um modelo de desenvolvimento regional que ajudou a proteger a floresta ao longo dos anos”, ressaltou.

Amazônia Oriental

A comitiva federal veio de Belém (PA), onde hoje reuniu com os governadores da Amazônia Oriental: Pará, Amapá, Mato Grosso, Tocantins e Maranhão. Eles discutiram o fortalecimento do monitoramento, fiscalização, regularização fundiária, Fundo Amazônia e desenvolvimento do Sustentável na capital paraense.

A agenda dos ministros é um desdobramento da reunião da última terça-feira (27), em Brasília (DF), do presidente Jair Bolsonaro com governadores dos estados da Amazônia.

Publicações Relacionadas

Bolsonaro esvazia pasta de Onyx e promete demitir Santini

Victoria Cavalcante

Governo anuncia plano para acelerar análise de pedidos de patentes

Fernanda Lopes

Igreja e parlamento dão as mãos e lançam Campanha da Fraternidade na Aleam

Conceição Melquiades

Deixe um comentário

WhatsApp chat