25.5 C
Manaus, BR
26 de novembro de 2020
Destaques Segurança

Manifestantes invadem Carrefour após morte em estacionamento

No sexta-feira (20), declarado o Dia da Consciência Negra, foi realizada a 17º Marcha em comemoração ao dia, mas foi um dia de protestos que lembraram a morte de João Alberto Silveira Freitas.

Aconteceu na capital paulista e todos clamavam justiça pelo homem negro que foi espancado até a morte por seguranças de uma loja do supermercado Carrefour, em Porto Alegre, na noite de quinta-feira (19).

No inicio da manifestação no vão-livre do Museu de Arte de São Paulo (Masp) às 16h e se desenvolveu pela Rua Pamplona, bairro dos Jardins. Mas, os manifestantes receberam ovos e garrafas, jogados de prédios localizados na via.

No momento em que passavam em frente a  loja  Carrefour, na Rua Pamplona, parte dos manifestantes adentraram na loja, e começou um quebra-quebra, levando a um princípio de incêndio, controlado por funcionários da empresa.

Não houve feridos. Isto aconteceu em decorrência da morte de João Alberto, 40 anos, na noite de quinta-feira (19), véspera do Dia da Consciência Negra, que foi espancado e morreu no supermercado Carrefour, na zona Norte de Porto Alegre. E terminou com os agressores, um segurança do local e um policial militar temporário fora de serviço,  presos em flagrante.

Foto : Portal Marcos Santos

Publicações Relacionadas

Polícia divulga identidade do foragido acusado por estupro de vulnerável

Victoria Cavalcante

Corpo de mulher é encontrado em ramal no bairro Jorge Teixeira

Redacao

Itália deve impor restrições para conter aumento da covid-19

Redacao

Deixe um comentário

WhatsApp chat