31 C
Manaus, BR
13 de julho de 2020
Agronegócio

Macaxeira de Anamã chega com mais qualidade e bom preço em Manaus

Mais de 5 toneladas de macaxeira produzidas por agricultores familiares de Anamã chegam às redes de supermercados de Manaus. A comercialização foi feita por meio do Balcão de Agronegócios, programa do Governo do Estado coordenado pela Agência de Desenvolvimento Sustentável do Amazonas (ADS), vinculada à Secretaria de Estado de Produção Rural (Sepror), e movimentou R$ 4,5 mil com a ação. Os produtos foram encaminhados à capital, na última semana, com o apoio da unidade local do Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal Sustentável do Estado do Amazonas (Idam).

De acordo presidente do Idam, Valdenor Pontes Cardoso, a organização dos produtores rurais é uma estratégia fundamental para o processo de empoderamento nas relações comerciais. “Através do programa, o produtor tem a oportunidade de colocar seus produtos diretamente no mercado, e para isso o Idam tem um papel altamente estratégico para intermediar a comercialização entre o pequeno produtor e o potencial comprador”, destacou.

Segundo o gerente do Idam em Anamã, Eurico Paulo, a ação beneficiou os agricultores familiares da Vila do Arixi e Vila do Cuia, que procuram o Idam para orientações quanto à comercialização. Para que os produtos da agricultura familiar cheguem ao mercado e à mesa do consumidor com qualidade e bom preço, os serviços de Assistência Técnica e Extensão Rural (Ater) exercem papel importante, seja na divulgação dos programas, na orientação técnica ou na emissão de documentos necessários.

O gerente destaca que a participação dos produtores em programas institucionais como este só é possível por meio de apresentação do Cartão do Produtor Primário (CPP). O documento, que é instrumento de apoio do Governo do Estado destinado às pessoas que exercem atividade de produção rural, pode ser emitido na unidade local do Idam do município em que está localizada a propriedade do produtor.

“Durante a divulgação dos programas, sempre destacamos que os produtores só conseguem acessar ao programa se estiverem com o CPP em dia, e nós do Idam prestamos todo o auxílio necessário para que esse produtor possa comercializar o seu produto, que consequentemente irá garantir renda para sua família”, destacou o gerente.

Balcão de Agronegócios 

Criado em 2016, o Programa Balcão de Agronegócios, coordenado pela ADS, atua na comercialização do excedente da produção rural, fazendo com que os produtos regionais cheguem às grandes redes de supermercados, agroindústrias e restaurantes. A ação aumenta a receita do produtor, uma vez que diminui a cadeia de intermediação, além de proporcionar o abastecimento de alimentos nas cidades. A negociação por meio do programa exclui a figura do atravessador, garantindo qualidade e bom preço para o comprador.

*  Com informações da Assessoria de Imprensa

Publicações Relacionadas

Países se mobilizam contra exportação de animais vivos

Conceição Melquiades

Setor primário do Amazonas está inoperante e produtores do interior sofrem com a falta de estrutura

Francisco Araujo

Missão dos EUA inspeciona frigoríficos brasileiros

Redacao

Deixe um comentário

WhatsApp chat