28.3 C
Manaus, BR
17 de junho de 2021
Bizarro Destaques

Líder de culto que prometia “cura” da Covid é achada mumificada

O corpo da líder do culto Love Has Won (O Amor Vence, em tradução) foi encontrado mumificado em Denver, nos Estados Unidos. Conhecida como Mother God (Mãe Deus), o corpo de Lia Amy Carlson, de 45 anos, estava dentro de um saco de dormir decorado com luzes natalinas, e havia maquiagem com glitter ao redor de seus olhos, que foram arrancados, segundo relatos de policiais à revista People.

A polícia ainda não conseguiu confirmar a identidade de Amy em função do estado de decomposição do corpo, já que a líder aparentava estar morta há várias semanas. No entanto, testemunhas confirmaram que o corpo era de fato da Mother God.

Os sete membros da seita que estavam na casa foram presos como suspeitos. No local, também havia duas crianças, de 14 e 2 anos, que estão sob custódia do estado.

O corpo, encontrado na terça-feira (4/5), foi encaminhado para autópsia para determinar a causa da morte. No dia 16 de abril, os membros do culto afirmaram, em uma live, que Amy estava “muito perto de morrer” e “deixando seu receptáculo devagar”.

Segundo investigadores, a hipótese mais provável é que ela tenha ingerido prata coloidal, substância que o grupo vendia como cura para a Covid-19.

O culto Love Has Won surgiu em 2018 e contava com cerca de 20 membros. Eles alegavam que Amy era um ser de 19 bilhões de anos que tentava salvar a humanidade e que já havia sido filha de Donald Trump em outra vida. S

Segundo eles, a líder “conseguia se comunicar com anjos” e levaria 144 mil escolhidos para outra dimensão.

Publicações Relacionadas

Covid-19: cidade do oeste da China entra em estado de guerra

Francisco Araujo

‘A grande Cobra Mãe’ da artista visual Priscila Pinto inspira nova estampa da Manart Galeria

Luciana Silva

Em Manaus, 19 veículos roubados são recuperados em várias zonas da cidade

Lara Tavares

Deixe um comentário

WhatsApp chat