28.5 C
Manaus, BR
30 de setembro de 2020
Destaques Esportes

Jogadores do Corinthians classificam primeiro jogo da final como 'truncado'

Jogadores do Corinthians classificam primeiro jogo da final como 'truncado'

O 0 a 0 entre Corinthians e Palmeiras, na última quarta-feira, na primeira partida final do Paulistão-2020 ficou longe de ser uma grande decisão em termos técnicos, mas alguns jogadores corintianos não se surpreendem com o nível inferior técnico do Dérbi. Para eles, a dificuldade e o jogo truncado são características de um clássico. Agora o foco é buscar o título no Allianz Parque.

Corinthians e Palmeiras fizeram um jogo disputado, mas longe ser atraente (Foto: Rodrigo Coca/Ag. Corinthians)

O Corinthians e o Palmeiras fizeram um jogo disputado, mas muito atraente (Foto: Rodrigo Coca / Ag. Corinthians)

Foto: Lance!

Danilo Avelar, Gabriel e Jô falaram com a TV oficial do clube logo após o apito final na Arena em Itaquera e foram praticamente unânimes na análise de quem fez a partida como travada e com poucas chances de participar de equipes.

)

O zagueiro avaliou que o Timão conseguiu colocar em prática alguns aspectos que foram planejados, mas admite que deixou um desejo em outros, ainda que não tenha sofrido tanto. Para ele, quem errou menos levantou a taça.

– Sabia que seria um jogo difícil, acho que na maior parte do tempo as pessoas conseguem colocar o ritmo, mas acho que faltou um pouco mais, caprichar em alguns passes curtos, ser um pouco mais agressivo, mas é uma decisão e aquele que errar menos, pode ter certeza de que está mais próximo da vitória. Então, as pessoas não conseguiram fazer 100% daquilo que as pessoas queriam, mas pelo menos não sofreram tanto – analise Avelar.

Gabriel, por sua vez, vê como normal ou jogo truncado em uma decisão desse tipo e acredita que o Corinthians “mandou” no primeiro tempo. Para o segundo jogo, a aposta sem camisa da camisa alvinegra e promete que a equipe vai buscar o título e o título do primeiro e o último minuto do duelo na Allianz.

– Foi um jogo bem truncado, um jogo de decisão, tivemos chances, começamos muito bem o jogo, tivemos chances de fazer um, dois a zero no primeiro tempo, acredito que mandamos no primeiro tempo, ou o segundo tempo tivemos um pouco mais de dificuldade, mas isso dentro de uma decisão é normal. Uma pessoa está preparada para atacar e defender, uma pessoa sabe que é muito forte, uma camisa sempre impõe respeito, então vai ser um jogo grande, uma decisão, um clássico e clássico 90 ou 100 minutos para buscar o nosso jogo e o jogo nosso título ao começo ao fim – disse o volante.

Concordo com Gabriel em relação ao jogo “truncado”, ou seja, ele é classificado como inevitável em um clássico. De acordo com o atacante, o momento é de pensar no segundo jogo, sem qual o Timão tem condições de buscar a vitória.

– Jogo complicado, jogo difícil, nós sabemos quais são essas dificuldades, clássicas, inevitáveis, truncadas, aguerridas e engraçadas que foram, uma pessoa que fez um bom primeiro tempo, segundo tempo para pensar que nenhuma das duas equipes jogou , ficou mais na disputa de bola, mas agora é pensar no segundo jogo, um total de pessoas com condição total de ganhar e ganhar – concluiu a camisa 77.

O Corinthians e o Palmeiras voltam a disputar no próximo sábado, às 16h30, no Allianz Parque, pelo segundo jogo do final do Campeonato Paulista de 2020. Se houver outro empate no tempo normal, a decisão será para o final.

Veja também:

Saiba como está preparando o Botafogo para a estreia no Brasileirão

Consulte Mais informação

Publicações Relacionadas

Caixa paga hoje auxílio emergencial para 9,4 milhões de trabalhadores

Redacao

O auto-declarado fim da pandemia no Brasil

Redacao

Bruno se pronuncia após fotos com cães: “Você acredita que foi notado? Abra a mente!”

Redacao

Deixe um comentário

WhatsApp chat