24 C
Manaus, BR
28 de outubro de 2020
Mundo

Hong Kong decide proibir uso de máscaras em manifestações

hong_kong_proibe_uso_de_mascaras

Após uma reunião no painel de consultoria nesta sexta-feira (4), a mídia de Hong Kong divulgou decisão do governo de recorrer a emergências. Uma tentativa para conter os protestos.

Os manifestantes costumam usar máscaras e, também, óculos de proteção como prevenção de ataques de gás lacrimogênio e para ocultarem sua identidade.

A Lei de Regulamentação de Emergência permite que Carrie Lam, a chefe do Executivo, tome decisões e faça regulamentos sem a aprovação do Conselho Legislativo. A favor de Pequim, Legisladores aconselham que o uso de máscaras seja, de fato, proibido.

De acordo com Conselho, as máscaras incentivam os manifestantes a tomarem decisões extremas e causarem mais estragos. Em outras palavras, podem cometer imprudências e continuarem ‘escondidos’.

Publicações Relacionadas

OMS anuncia novo surto de ebola na República Democrática do Congo

Fernanda Lopes

Morales pede intercessão da ONU e do papa para pacificar a Bolívia

Victoria Cavalcante

Coronavírus: total de mortos na China continental sobe para 908

Fernanda Lopes

Deixe um comentário

WhatsApp chat