Hoje é comemorado o Dia Internacional da Juventude

Jovens em comemoração ao Dia Internacional da Juventude, em Ceilândia. - Foto: Joel Rodrigues/Agência Brasília

Dia Internacional da Juventude, 12 de agosto, data escolhida para uma celebração anual, criada por meio da resolução 54/120, por uma iniciativa da Organização das Nações Unidas (ONU) no ano de 1999. Tem como uma das recomendações da ONU, durante a Conferência Mundial dos Ministros Responsáveis por Jovens, em Portugal, encorajar o diálogo e a compreensão entre gerações, promovendo o respeito pelos direitos humanos.

O principal objetivo da data é relembrar que todos os jovens têm a necessidade de frequentar espaços seguros onde possam se expressar livremente e para chamar a atenção dos desafios enfrentados por eles em todo o mundo. Atualmente, existem cerca de 400 milhões de jovens vivendo em áreas afetadas por conflitos armados ou pela violência organizada, onde enfrentam abusos, assédio e outras violações dos seus direitos. Jovens mulheres ou LGBTQI são especialmente vulneráveis, assim como refugiados ou migrantes.

Em um vídeo publicado no ano passado, o secretário-geral das Nações Unidas, António Gutierrez, disse acreditar no poder da juventude que, segundo ele, deve ser apoiada e estar totalmente engajada no desenvolvimento social.

Dia Internacional da Juventude

12 de agosto é o Dia Internacional da Juventude.O secretário-geral da ONU, António Guterres, disse que "as esperanças do mundo recaem sobre os jovens. Paz, dinamismo econômico, justiça social, tolerância — tudo isso e muito mais, hoje e amanhã, dependem de explorar o poder dos jovens".Atualmente, existem 1,8 bilhão de jovens entre 10 e 24 anos no mundo. Esta é a maior população nesta faixa etária já registrada.O Dia Internacional da Juventude serve como uma celebração anual do papel do jovem como parceiro essencial no processo de mudança global e para chamar a atenção dos desafios e problemas que eles enfrentam em todo o mundo.

Posted by Nações Unidas on Sunday, August 12, 2018

“Paz, dinamismo econômico, justiça social, tolerância e muito mais dependem da exploração do potencial da juventude hoje, não em um futuro distante”, ressaltou.

No Brasil, foi criado em 2013 o Estatuto da Juventude, lei de nº 12.852, que dispõe sobre os direitos dos jovens, os princípios e diretrizes das políticas públicas de juventude e o Sistema Nacional de Juventude (Sinajuve), que constitui uma forma de articulação e organização da União, dos Estados, do Distrito Federal, dos Municípios e da sociedade para a promoção de políticas públicas de juventude.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here