Governo do Amazonas monta gabinete de crise do sistema prisional

Governo do Amazonas
Foto: Divulgação

O Governo do Amazonas montou, na noite desta segunda-feira (27), um Gabinete de Crise envolvendo órgãos do sistema de segurança, poder judiciário e representantes do legislativo, para estabelecer adoção de medidas imediatas para solucionar os problemas registrados nos presídios da capital, decorrentes de um racha de presos que integravam o mesmo grupo criminoso.

A reunião com os órgãos do sistema de segurança, judiciário, Assembleia Legislativa, Ministério Público do Estado (MPE-AM), Defensoria Pública do Estado (DPE-AM) e Ordem dos Advogados do Brasil ocorre no Centro Integrado de Comando e Controle (CICC), no Petrópolis, zona centro-sul de Manaus, com a presença do governador em exercício, deputado Josué Neto.

Além do anúncio de apoio federal feito pelo governador Wilson Lima, haverá transferência de presos para unidades federais ao longo da semana. A Secretaria de Administração Penitenciária (Seap) suspendeu, por 30 dias, as visitas nas unidades prisionais de Manaus.

A Polícia Militar reforçou o policiamento nas muralhas e entorno dos presídios, inclusive com monitoramento aéreo da Secretaria de Segurança Pública, e intensificaram as operações policiais em toda a capital.

Os reforços federais da Força Tática de Intervenção Prisional começam a chegar nesta terça-feira, em Manaus, para atuar em parceria com a Seap em ações de intervenção nos presídios. A expectativa é que 100 agentes estejam na cidade até o fim da semana. O governo também pediu a extensão da presença da Força Nacional na cidade. Os agentes estão em apoio nas unidades prisionais desde 2017.

 

Com informações assessoria

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here