25.5 C
Manaus, BR
25 de fevereiro de 2021
Destaques Saúde

Força Nacional do SUS tem conhecimento da falta de oxigênio em Manaus antes do colapso

A Força Nacional do Sistema Único de Saúde (SUS) já sabia da falta de oxigênio em Manaus antes do ponto alto da crise. A informação está em relatórios feitos entre os dias 8 e 11 de janeiro, que indicam o Ministério da Saúde ter tido conhecimento sobre a gravidade da crise do sistema de saúde pública na capital do Amazonas.

A cidade de Manaus está no meio de uma crise no sistema de saúde, com hospitais lotados após recorde de internações por covid-19. As unidades de saúde não possuem oxigênio o bastante para todos os pacientes. Isso fez com que o governo enviasse, até esta última terça-feira (19), mais de 100 pacientes para outros estados do Brasil.

Os relatórios foram feitos por agentes do Ministério da Saúde e pelo ministro Eduardo Pazuello e apontaram sobre uma dificuldade que Manaus tem por causa de uma pressurização do gás de produzir oxigênio. Os documentos mostram também uma mudança da pauta de discussão de um dia para falar sobre a falta de oxigênio na cidade, já no dia 8 de janeiro.

“Foi mudado o foco da reunião, pois foi relatado um colapso dos hospitais e a falta da rede de oxigênio”, diz um trecho do relatório. Em outro, os relatórios descrevem um problema em dar o atendimento certo aos pacientes por falta de equipamentos de saúde. “Estão preferindo não medir a saturação dos pacientes na sala rosa 1, pois, ao medir, vários pacientes precisarão de oxigênio e não terão como suprir a demanda”, indica.

No dia 11 de janeiro, quando o ministro Eduardo Pazuello estava em Manaus, os relatórios apontaram o colapso no sistema de saúde da cidade. “Rede colapsada no município: rh ativo em exaustão nos hospitais, as alas clínicas com superlotação, fornecimento do oxigênio em reserva em todos os hospitais da rede”, informa um relatório.

Ainda de acordo com os relatórios feitos pela Força Nacional do SUS, médicos tiveram que escolher quais pacientes teriam atendimento adequado e quais receberiam atendimento paliativo.

Fonte: G1 AM.

Publicações Relacionadas

Ministro da Saúde envia ao Palácio de Cotações para substituir Wizard | Bela Megale

Francisco Araujo

Flamengo prepara mosaico para o Maracanã na última quarta-feira: “42 milhões com vocês”

Redacao

Clássico dos Clássicos: a noite é de Fla-Flu cheio de desfalques

Redacao

Deixe um comentário

WhatsApp chat