Estelionatário se passava por Capitão Alberto Neto

Bandido se passava pelo deputado federal Capitão Alberto Neto (Republicanos/AM) para aplicar golpes em sites de compra e venda na internet.

Policiais da Delegacia Especializada em Roubos e Furtos de Veículos (DERFV) e do 12 Distrito Integrado de Polícia (DIP), conseguiram identificar um bandido que se passava pelo deputado federal Capitão Alberto Neto (Republicanos/AM) para aplicar golpes em sites de compra e venda na internet.

O parlamentar foi contatado pelas vítimas, por meio das redes sociais, após elas perceberem que se tratava de estelionato. De acordo com informações da polícia, o criminoso praticava o golpe de dentro de um presídio localizado em Mato Grosso.

Na OLX, o bandido se apresentava como Capitão Alberto Neto e fingia estar interessado em comprar um veículo.

Ele entrava em contato com pessoas que ofereciam carros e convencia os mesmos a retirarem os anúncios do site.

Com as imagens do veículo, o criminoso criava um novo anúncio para atrair as vítimas.

O crime consistia em oferecer veículos de terceiros na internet para exigir depósitos em dinheiro. Quando as vítimas entravam em contato, o bandido usava o nome do parlamentar para exigir valores como reserva do veículo.

Ainda segundo a polícia, o criminoso foi rastreado por meio das contas bancárias usadas na prática do golpe.

O bandido procurava por perfis nas redes sociais de pessoas conhecidas e de boa credibilidade em um local a fim de usar o nome para facilitar a aproximação com as vítimas.

Alberto Neto pede que a população esteja atenta aos crimes que estão sendo praticados com uso indevido de seu nome e orienta que as vítimas procurem a delegacia de polícia mais próxima para registrar o caso e colaborar com as investigações.

Até o momento, duas pessoas registraram BO, mas a polícia trabalha com informações de pelo menos mais oito vítimas.

O deputado lamenta que seu nome tenha sido usado em práticas criminosas e reitera seu compromisso em elucidar os crimes.

As informações serão atualizadas pela assessoria de imprensa em breve.

 

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here