31 C
Manaus, BR
13 de julho de 2020
Cidades

Dona de casa leva susto ao ver gafanhoto de 10 centímetros na geladeira

Uma dona de casa de 19 anos, que não teve o nome divulgado, levou um susto ao encontrar um gafanhoto de 10 cm na porta da geladeira, na cozinha da casa onde vive, na noite de domingo (29), em Coxim a 258 km de Campo Grande.

A espécie de inseto com estatura um pouco maior não é incomum em Mato Grosso do Sul.

Mas o fenômeno da imensa nuvem de gafanhotos gigantes que cruza países da América do Sul e destrói lavouras, provocou estranheza.

Ainda assim, conforme o site Edição MS, ela fez o que muita gente não teria coragem: colocou o inseto dentro de um pote e o “soltou na natureza”. Não deixou de fazer o registro, claro.

Conforme pontua o site, o gafanhoto encontrado por ela tem a mesma aparência da espécie que, agora, está “em peso” na Argentina, onde é combatido e a nuvem, já é menor. É a espécie Schistocerca Cancellata.

Autoridades em Mato Grosso do Sul monitoram o assunto, já que até agora acredita-se que o fenômeno ambiental surgiu no vizinho Paraguai.

Ainda assim, a onda de frio pode ter auxiliado o Estado, já que esses insetos costumam gostar de calor e tempo seco.

Para definir as ações houve uma reunião entre a Semagro (Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar) e representantes do setor do produtivo, para que haja ações coordenadas no campo, caso a nuvem chegue ao Estado.

A variação de temperatura e umidade que ocorre por aqui pode ter afastado os insetos. Ainda assim, em baixa densidade, eles surgem em vários locais.

Ou seja, não é tão incomum encontrá-los, sozinhos, pousados na geladeira.

Fonte: Campo Grande News

Publicações Relacionadas

Seguro DPVAT é ineficiente, diz estudo feito pelo Governo

Victoria Cavalcante

Família abre caixão de vítima de covid-19 e 5 são infectados por vírus

Lara Tavares

Inscrições para Curso Intermediário de Libras iniciam na quarta

Fernanda Lopes

Deixe um comentário

WhatsApp chat