Fotos: Girlene Medeiros/FVS-RCP

Iniciativa segue agenda nacional de enfrentamento à dengue

No Dia D de Mobilização contra a Dengue, neste sábado (02/03), a Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas – Drª Rosemary Costa Pinto (FVS-RCP), unidade vinculada à Secretaria de Estado de Saúde (SES), integra a campanha de enfrentamento à doença. Em Manaus, a ação ocorreu junto à Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) de Manaus, com estratégia de educação em saúde na capital amazonense.

Em todo o estado, cada um dos municípios amazonenses se organiza para enfatizar a mobilização de prevenção à dengue junto à população. Entre as ações programadas pelos municípios, ao longo dessa semana, estão caminhadas, ação em conjunto em Unidade Básicas de Saúde e campanha junto aos moradores.

“A prevenção é de suma importância para evitar a doença. Ao adotarmos medidas preventivas, como eliminar água parada que servem de criadouros para o mosquito Aedes aegypti, estamos contribuindo para a redução dos casos”, destaca a diretora-presidente da FVS-RCP, Tatyana Amorim.

Elder Figueira, responsável pela Vigilância Ambiental da FVS-RCP, acrescenta que o Dia D é um marco, mas que as ações devem seguir nos demais dias. “Estamos chamando a população para trabalhar junto com o serviço público para que faça a adoção do check list de 10 minutos e eliminem os criadouros de forma contínua”, disse.

Em Manaus, as ações ocorreram, das 8h às 12h, em feiras e mercados das quatro zonas urbanas da cidade. O ato de abertura da atividade educativa de mobilizar a sociedade para o controle da doença ocorreu no Mercado Municipal Adolpho Lisboa, na zona sul da capital.

“Neste Dia D de combate à dengue, convoca todos os moradores que façam o check list de 10 minutos semanal nas suas casas, quintais, escolas, locais de trabalho, para prevenir o agravo dengue. Qualquer recipiente que acumule água pode se tornar um potencial criadouro”, alerta Marinélia Ferreira, diretora do Departamento de Vigilância Ambiental e Epidemiológica da Semsa em Manaus.

Uma das pessoas abordadas na ação foi a permissionária do Mercado Adolpho Lisboa, Maria Vilani Silva, de 59 anos. “Para eliminação de criadouros, indico a limpeza constante, limpar os vasos que tiverem com água, derramar água, manter garrafas emborcadas para não encher de água novamente”, exemplificou.

A programação incluiu atividades como exposição do ciclo biológico do mosquito Aedes aegypti, vetor transmissor da dengue; exposição de equipamentos utilizados no combate ao mosquito; distribuição de material educativo e orientações sobre as ações de prevenção, eliminação dos focos do mosquito, os sintomas e sinais de gravidade da doença.

Também foi realizada vacinação contra a dengue para o público de 10 e 11 anos de idade.

Dia D no Amazonas

O Dia D contra a Dengue no Amazonas ocorre em consonância com agenda nacional do Ministério da Saúde que definiu este sábado (02/03) como mobilização social coletiva. A iniciativa reforça as ações preventivas com o tema “10 minutos contra Dengue”.

Entre os municípios que realizaram a ação, neste sábado (02/03), estão: Alvarães, Anori, Barreirinha, Borba, Canutama, Itacoatiara, Manicoré, Santa Isabel do Rio Negro, São Gabriel da Cachoeira, São Sebastião do Uatumã, Tefé e Tonantins.

Contato para imprensa: Assessoria de Comunicação da Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas – Drª Rosemary Costa Pinto (FVS-RCP)