26.3 C
Manaus, BR
20 de junho de 2021
Política

Deputado entra com processo contra o arquivamento do pedido de impeachment de Wilson Lima

Wilson Lima

O recurso contra a decisão da Mesa Diretora da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam) de arquivar e rejeitar o processo de impeachment do governador do Estado, Wilson Lima e seu vice, Carlos Almeida, foi ingressado pelo deputado estadual Wilker Barreto (Podemos) nesta terça-feira (11).

Antes do arquivamento, o pedido de impeachment foi encaminhado para a presidência do Legislativo no dia 18 de dezembro de 2019 e veio por conta da prática de crimes de responsabilidade e improbidade administrativa. A acusação tem bases que vão desde a crise que faz parte do cotidiano da saude pública manauara até os problemas com as facções criminosas que ‘tomam conta’ do Amazonas.

Wilker é autor do processo de impeachment junto com o deputado estadual Dermilson Chagas (sem partido) e exige que a Assembleia execute o regimento de forma transparente.

“As razões são claras: a Mesa não poderia assinar junto com o presidente. Ela é a nossa segunda instância. O rito correto seria a análise da admissão ou rejeição da peça e depois a apresentação do recurso à Mesa. Numa analogia bem simples, imagina uma peça que o juiz e o desembargador assinam juntos. Eu vou recorrer para quem? Houve um vício de iniciativa”, pontuou Wilker.

Diante de inúmeras problemáticas, o atual governador tem conseguido se descontrair como se não estivesse acontecendo nada e sem dar a mínima importância para a população.

Com informações da assessoria

Publicações Relacionadas

Governador Wilson Lima (PSC) e o vice-Carlos Almeida (PTB), sofrem mais um pedido de impeachment, agora dos médicos

Francisco Araujo

Governo Federal lança Em Frente Brasil

Conceição Melquiades

Oposição e intriga: impeachment de Wilson Lima segue turbulento

Victória Cavalcante

Deixe um comentário

WhatsApp chat