22.5 C
Manaus, BR
1 de dezembro de 2020
Destaques Política

David Almeida consegue na justiça retirada de propaganda irregular de Ricardo Nicolau

A coligação do candidato a prefeito David Almeida (Avante) fez uma denúncia em relação ao uso de propaganda irregular pelo candidato a prefeito de Manaus Ricardo Nicolau (PSD). É utilizado uma placa de aproximadamente 15 metros por 3 metros de altura, em frente a sede do comitê de campanha, bairro Distrito Industrial, o que não é permitido pela Justiça Eleitoral.

A juíza da Propaganda nas Eleições 2020, Mônica Cristina Raposo do Carmo, nesta quarta-feira (7), mandou que retirasse a placa, atendendo o pedido da coligação do candidato David Almeida (Avante), que alegou que a placa desobedece às dimensões do material de campanha pela Justiça Eleitoral. A magistrada fixou a multa diária em R$ 2 mil em caso de descumprimento da decisão e deu o prazo de dois dias para Nicolau se manifestar.

Na representação, os advogados de Almeida apresentaram fotos do local da propaganda, alegando ser “nítido que o nome do candidato titular na fachada de seu comitê ocupa área desproporcionalmente maior do que o tamanho máximo permitido na Resolução TSE 23.610/2019, de 4m2 (quatro metros quadrados) para o Comitê Central, e 0,5 m2 (meio metro quadrado) para os demais comitês”.

Carmo sustentou que a placa afixada no comitê de campanha de Nicolau “supera de forma absurda os limites legais e constitui para todos os efeitos práticos verdadeiro ‘outdoor’, mormente ao considerar-se que o endereço onde está instalada a propaganda não condiz com o endereço do comitê central registrado nos apontamentos de candidatura.

Em nota, a Coligação Pra Voltar a Acreditar informou que derrubou, nesta quarta-feira, 7, no TRE-AM a decisão que mandou retirar a placa da fachada do comitê de campanha de Nicolau. A decisão assinada pela juíza eleitoral Giselle Pascarelli Lopes suspende a notificação da Comissão de Fiscalização da Propaganda Eleitoral que deu o prazo de 48 horas para a retirada do material.

NOTA

A Coligação ‘Pra Voltar a Acreditar’ informa que a desembargadora eleitoral Giselle Falcone Medina Pascarelli Lopes, ao analisar o pedido de liminar em mandado de segurança, proferiu despacho interlocutório e suspendeu a decisão da Comissão de Propaganda do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-AM) que pedia a retirada do banner afixado na frente do Comitê Central do candidato a prefeito de Manaus, Ricardo Nicolau (PSD), localizado no Distrito Industrial 1.

Portanto, a campanha de Ricardo Nicolau e seu candidato a vice-prefeito, Dr. George Lins (Progressistas), mantém a divulgação da candidatura cumprindo todos os trâmites legais.

“A notificação se funda no fato de que a propaganda é irregular por superar o tamanho de 0,5m2 (meio metro quadrado), o que não ocorre se, de fato, o Comitê for o Comitê Central do impetrante. Assim sendo, tenho como presente a plausibilidade do direito invocado. Isto posto, preenchidos os requisitos autorizadores da liminar pleiteada, a concedo, com fundamento no art. 7º, III, da Lei nº 12.016/2009, determinando a suspensão da Notificação impugnada, até o julgamento de mérito do presente mandamos”, determinou a desembargadora, em decisão.

foto: Reprodução

Publicações Relacionadas

Marcelo Ramos reafirma postura independente em relação ao governo Bolsonaro

Conceição Melquiades

Capitão Itamar apresenta seu pré-candidato a vice-prefeito para o pleito 2020

Conceição Melquiades

Mega-Sena acumula e pode pagar R$ 90 milhões na quarta-feira

Francisco Araujo

Deixe um comentário

WhatsApp chat