28.3 C
Manaus, BR
5 de agosto de 2021
Destaques Política

CPI da Covid: Houve retirada de informações e Pazuello gera desconfiança

O ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello, pode ser alvo de uma condução coercitiva para depor perante a CPI da Covid. E o Ministério da Saúde retirou do portal um documento com recomendações para o uso da cloroquina em pacientes com Covid-19 poucos dias antes da instalação da CPI da Covid.

Pazuello não manteve medidas de isolamento e se reuniu com Onyx, que foi escalado como articulador da estratégia de defesa do governo Jair Bolsonaro na CPI, gerando a desconfiança por parte dos membros da comissão parlamentar que aguardam sua presença no fórum. 

O material de instrução do uso de cloroquina ficou no ar durante 337 dias, entre 20 de maio de 2020 e 22 de abril deste ano. A retirada do documento do site aconteceu após uma reunião na Casa Civil da Presidência e da elaboração de uma lista com 23 pontos – entre eles se “o governo promoveu tratamento precoce sem evidências científicas comprovadas”.

O presidente do senado, Omar Aziz (PSD) diz que a maioria da população aprova a CPI da Covid-19. “Isso aumenta a responsabilidade de nós senadores para fazermos um bom trabalho e apresentarmos um respostas a sociedade” afirma o senador. A pesquisa feita pela Exame mostra essa aceitação.


Fotos: Divulgação Senado Federal / Pesquisa Exame

Publicações Relacionadas

Câmara aprova redução de idade para trabalhar como motoboy

Flavia da Hora

Caixa paga hoje auxílio emergencial para 9,4 milhões de trabalhadores

Redacao

SSP-AM realiza palestras para pessoas em tratamento de dependência química

Shayenne Medeiros

Deixe um comentário

WhatsApp chat
takipçi al takip2018 takipcihilesi
takipçi al takip2018 takipcihilesi