28.5 C
Manaus, BR
21 de abril de 2021
Destaques Mundo

Cerejeiras no Japão florescem antes da previsão

Quando imaginamos o Japão, vem na nossa mente, muitas vezes, a imagem da árvore de cerejeira com suas delicadas flores brancas e rosas. As flores são ilustres conhecidas dos japoneses e vivem em um “pico de floração” que tem a duração de só alguns dias.

Vários japoneses fazem piqueniques e tiram fotos debaixo de seus galhos floridos. Mas, em 2021, a temporada das cerejeiras chegou e se foi mais rápido do que o de costume.

Um pesquisador da Universidade da Prefeitura de Osaka, Yasuyuki Aono, fez coleta de registros de Kyoto desde o ano de  812 d.C., a partir de documentos históricos e diários. Na cidade de Kyoto, segundo ele, as flores da conhecida cerejeira conseguiram o pico de 2021 no dia 26 de março, o primeiro em mais de 1.200 anos. Quanto a capital Tóquio, as cerejeiras floresceram em 22 de março, segunda data mais antiga registrada.

“À medida que as temperaturas globais aumentam, as geadas da última primavera estão ocorrendo mais cedo e a floração também vem antes”, declarou o doutor Lewis Ziska, do departamento de Ciências de Saúde Ambiental da Universidade de Columbia, nos EUA.

As datas de pico de floração são alteradas todo ano, o que depende de várias circunstâncias, incluindo clima e precipitação. Porém, as datas mostraram uma tendência geral de adiantar cada vez mais. Em Kyoto, a data de pico oscilou em torno de meados de abril durante séculos, de acordo com os dados de Aono, mas passou a se mover para o início de abril durante o século 19. A data foi o final de março apenas algumas vezes na história registrada.

Fonte: CNN – texto traduzido de Jessie Yeung, Selina Wang e Derek Van Dam.

Publicações Relacionadas

Deputado Álvaro Campelo propõe prevenção nos coletivos contra Covid 19

Jeanne Gade

Bolsonaro: Iniciativa privada é fundamental para projetos na Amazônia

Flavia da Hora

Com golaço de Alexander-Arnold, Liverpool supera Aston Villa no Inglês

Redacao

Deixe um comentário

WhatsApp chat