25.5 C
Manaus, BR
23 de outubro de 2020
Destaques Política

Capitão Alberto Neto e seu breve histórico no Amazonas

Alberto Barros Cavalcante Neto é um dos candidatos na disputa pela Prefeitura de Manaus. Capitão da Polícia Militar do Amazonas, ele usa as mídias sociais como uma forma de achegar os policiais às comunidades. Nascido em 05 de maio de 1982, na cidade de Fortaleza (CE), é deputado federal pelo Republicanos e concorre como possível prefeito junto do vice Orsine Júnior (PMN).

De acordo com a biografia disponibilizada em seu site, ele buscou por novos desafios para a sua vida e se mudou para a capital do Amazonas. Manaus foi onde estudou, tornou-se Sargento Controlador de Voo da Aeronáutica e, em seguida, policial militar. Possui atualmente três filhos.

Capitão Alberto Neto foi aprovado no concurso de Oficiais da Polícia Militar do Amazonas e entrou na Academia de Polícia Militar Coronel Neper de Alencar, em 2010, onde se tornou Bacharel em Segurança Pública, diploma conferido durante a formação como Oficial da Polícia Militar. Além disso, possui uma vasta experiência acadêmica. Atualmente é Chefe de Operações do Batalhão da Força Tática.

Entre as propostas que ele já abordou em suas redes sociais, está o de segurança pública, economia, transparência pública e esporte.

O vice de Capitão Alberto Neto

O empresário Orsine Júnior é manauara e possui 48 anos. Para o programa de rádio da Amazônia Press, ele contou, enquanto pré-candidato para prefeito de Manaus, que teve passagens pelo comércio e pelo poder público. Para o programa, Orsine também relatou como ele iniciou na política. Através de sua empresa, por 25 anos Orsine vem fazendo logísticas de campanha e trabalhou com marketing político. Foi chamado para ser diretor de Relações da Amazonastur, por onde ele entrou no serviço público. Era em uma época em que o Amazonas investiu no turismo.

Assim, Orsine Júnior se identificou bastante com a política. No último governo, Orsine conseguiu ser nomeado secretário e trabalhou para pôr o turismo do Amazonas em um pantamar internacional.

Publicações Relacionadas

Marcelo Amil agora é filiado do PCdoB após saída do PMN

Redacao

CCJ aprova convite para Dallagnol explicar troca de mensagens com Moro

Redacao

Bolsonaro não quer impedir divulgação de dados do Inpe, diz porta-voz

Redacao

Deixe um comentário

WhatsApp chat