22.5 C
Manaus, BR
1 de dezembro de 2020
Cultura

Banda Alaídenegão apresenta músicas do Norte em show no Rio de Janeiro

Banda Alaídenegão

Com o intuito de apresentar aos cariocas os ritmos oriundos do Norte, a banda amazonense Alaídenegão realiza um show nesta quarta-feira (11), no Rio de Janeiro. A apresentação acontece no palco do Ganjah Coffeeshop Lapa, localizado no bairro da Lapa. A programação contará com o grupo Afroribeirinhos, que também exalta os ritmos nortistas.

Em seus 12 anos de carreira, o grupo apresenta no repertório músicas populares com letras que retratam o olhar do caboclo: guitarrada, cumbia, carimbó e beiradão. ‘Tecendo o Som’, ‘Banzeiro’, ‘Batom na Cueca’ e ‘Rabeta’ são algumas das músicas escolhidas para compor o setlist. A banda, que é mais conhecida no circuito alternativo manauara como ‘a Neguinha’, é formada por Davi Escobar (voz e guitarra), Rafael Ângelo (guitarra), Markito Rock (trompete), Anastácio Jr. (bateria) e Mauro Lima (baixo).

“Vamos lançar duas músicas novas, ‘Aranha’ e ‘Cordeiro’, que vão compor o próximo álbum de inéditas da Alaídenegão. As versões de ‘Macuxi Muita Onda’, de Gerônimo; e ‘Piranha’, de Alípio Martins; também não podem faltar no setlist”, afirma Davi Escobar. “Até o meio do ano, seguimos em estúdio, trabalhando uma série de músicas, incluindo versões, uma característica no nosso repertório. Vamos lançar todas em formato de single nas plataformas digitais”, disse.

De acordo com o vocalista, a banda está trabalhando na divulgação do documentário ‘A Poética dos Beiradões‘, que aborda sobre esse movimento que dominou os manauara na década 80. “Ficamos muito felizes quando surgem oportunidades de apresentar o som do Norte para outras regiões do Brasil, essa conexão é fundamental para a banda se manter pulsante, respirando as novidades do cenário musical”, relatou.

Documentário – ‘A Poética dos Beiradões’

O documentário é dividido em cinco episódios e retrata o movimento que prevaleceu na década de 80, nas rádios e durante as festas amazonenses. No qual, ao longo das beiradas dos rios amazônicos, alguns compositores amazonenses como Teixeira de Manaus, Magalhães da Guitarra, André Amazonas, Oseas da Guitarra e Chico Caju, fizeram experimentações e trocas de saberes culturais.

A produção audiovisual foi lançada na capital amazonense em novembro do ano passado, com depoimentos de artistas que marcaram o movimento beiradão no Norte do País, e está disponível no Youtube.

Confira o 1º episódio:

Com informações da assessoria* 

Publicações Relacionadas

Amazonenses lançam HQ ‘A Última Flecha’ neste sábado

Fernanda Lopes

Conteúdo da campanha ‘Cultura Sem Sair de Casa’ será exibido na TV Encontro das Águas

Francisco Araujo

Categoria Bronze abre 63º Festival Folclórico do Amazonas

Fernanda Lopes

Deixe um comentário

WhatsApp chat