28.3 C
Manaus, BR
5 de agosto de 2021
Destaques Entretenimento Especiais

Autores independentes lançam segunda edição de oficina de roteiro

Neste domingo (09), aconteceu o anúncio da segunda edição de uma oficina básica gratuita de roteiro de um site de entretenimento sem fins lucrativos, conhecido como Megapro. O site participa de um espaço denominado por seus integrantes como Mundo Virtual (MV). O convite da oficina (@megapromv) foi feito em vídeo e através da conta de Instagram do projeto por um dos dois instrutores. 

Para saber sobre o site e sobre as expectativas com a oficina, o Amazônia Press conversou com os dois mediadores: o servidor público e estudante de Direito pela UNIFAA-RJ. João Batista de Carvalho Neto, jovem de 21 anos e morador do município de Rio das Flores (RJ), e o licenciando em Letras da PUC-RJ e também professor, Vitor Abou, com 20 anos de idade e morador do município de Niterói (RJ). João Carvalho e Vitor Abou também são autores de roteiros há alguns anos.

Criação e aprendizado com a primeira edição da oficina

Vitor disse ao Amazônia Press que a ideia do projeto veio de ajudar autores que estejam iniciando no roteiro. “A ideia da oficina de roteiro surgiu de um desejo antigo de compartilharmos com as pessoas o que vínhamos estudando, além de poder ajudar os autores iniciantes no roteiro, já que nós mesmos, no nosso início, não tínhamos muito conhecimento, nem ideia de como acessá-lo. Aqui o MV, pouco se ajudava”, revelou ele.

João Carvalho falou ao portal que a oficina de roteiro surgiu na pandemia e também comentou da vontade de repassar conhecimentos para outras pessoas junto com seu colega de Mundo Virtual e amigo. “Eu e Vitor, meu colega de jornada, conversamos por esses dias que mais importante do que ser é o motivo de ser. Então a oficina nasce da vontade de dois amigos roteiristas, que como no mito da caverna descobriram a verdade ideal, ou parte dela, em passar isso para quem deseja, mostrando que existe um motivo para tudo”, relatou o jovem escritor de roteiro, fazendo analogia ao Mito da Caverna do filósofo Platão.

Quando questionado sobre o que ele e João aprenderam com a primeira edição da oficina, Vitor nos disse:

“A primeira oficina foi um grande aprendizado, para nós [ele e João] também, pois tivemos que nos aprofundar nos assuntos, estudar. Além disso, tivemos resultados maravilhosos, com produções que supervisionamos durante e após as aulas. E para mim, foi a união de duas coisas que eu adoro fazer: escrever roteiro e ensinar”, compartilhou Abou.

Olhares sobre a segunda edição da oficina

João Carvalho disse que o diálogo que eles pretendem fazer sobre o audiovisual, bem como o audiovisual brasileiro, dependerá da pandemia. E as expectativas para ela são gigantescas. “Nós fomos capazes de construir um consenso acerca de alguns assuntos e também aprendemos muitos outros ao longo do tempo. Ainda estamos em uma pandemia, então é difícil cravar com exatidão o que vai acontecer”, relatou ele.” O audiovisual depende da presença do público, de aglomerações. Então nós só vamos saber como a Pandemia impactou e o que vai mudar quando tudo isso acabar. Enquanto isso nós mantemos o diálogo do que ocorreu no audiovisual até aqui”, completou o instrutor.

Após a primeira edição da oficina, Vitor Abou revelou para o Amazônia Press que as aulas terão uma diferenciação de formato. “Para a segunda oficina, esperamos que seja ainda mais exitosa. Já estamos adaptando as aulas, para um formato assíncrono (com vídeos gravados e mais curtos) e já percebemos uma empolgação dos inscritos em participar”, compartilhou o autor.

Sobre o Mundo Virtual

Abertura editada para a webminissérie Novembro, escrita por João Carvalho.

Segundo o que Vitor Abou explicou para o Amazônia Press, o MV “é um espaço que se assemelha, de alguma forma, ao mundo da televisão, tanto que chamamos os sites de ‘web emissoras’ e muitas funcionam de maneira parecida, considerando todas as diferenças, é claro, das emissoras de TV”. Ele esclareceu que existem diferentes sites que funcionam como emissoras virtuais, onde são exibidas produções, algumas delas em horários e faixas, assim como as telenovelas.

João Carvalho, cuja paixão por histórias nasceu em sua infância e se fortificou na pré-adolescência, contou ao portal sobre como soube do espaço. “Conheci o Mundo Virtual através de um site, que, infelizmente, já não existe mais chamado Point das Webs. Lá eu via notícias sobre as Webs e aí comecei a tornar públicas as minhas histórias”, relatou o autor de webminissérie Novembro da plataforma do site Megapro. O estudante de Direito teve perdas bem difíceis em sua vida e isso moldou seu crescimento. Ele considera que a leitura faz parte de uma “nova vida” com muito mais presença. “Com isso, eu consegui começar a compreender o ser humano, o que é fundamental pra escrever. Daí entreguei de cabeça na escrita mesmo”, contou João.

Abertura editada para a obra Caros Amigos Ricos de Vitor Abou.

Já Vitor Abou, autor de roteiros como a webnovela Caros Amigos Ricos (disponível no Megapro), também compartilhou sobre como conheceu o MV. “Minha descoberta do Mundo Virtual aconteceu quando eu tinha 11 anos, em 2012”, disse ele. “Eu sempre gostei muito de escrever e criar histórias e sonhava em fazer uma novela. Então, num certo dia, postei uma sinopse no Yahoo respostas. Lá recebi um convite para integrar uma web emissora e desde então não parei”, completou Abou.

O que é o site Megapro?

“O Megapro é uma plataforma de autores independentes, sem fins lucrativos, em que, de maneira democrática, são disponibilizados variados conteúdos de escrita – roteiro e literatura”, respondeu Vitor, quando questionado sobre o que seria o site.

Para João Carvalho, a Megapro (www.megapro.com.br) é definida como uma fábrica de sonhos. “Uma rede de autores independentes, que publica as histórias mais variadas, sejam fanfics e literário, sejam roteiros de webseries e novelas. Um espaço onde compartilhamos nossas emoções”, disse o autor.

Como se inscrever para a segunda edição da oficina básica de roteiro da Megapro

Para os interessados, seja qual for o nível de entendimento de roteiro, é possível se inscrever através do link https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSfae7eRwrfZMVrSwqPGslpNksdUPTMpw46xZPD_nsBAIQBfbA/viewform . As inscrições tem a previsão de ir até o fim do mês.

Publicações Relacionadas

Incentivo e amizades estão em experiências de participantes de grupo literário

Redacao

Natura promete investir R$ 4,3 bilhões no combate ao desmatamento na Amazônia

Augusto Queiroz

Auxílio Estadual Enchente injeta mais de R$ 2 milhões na economia e no social de Iranduba

Shayenne Medeiros

Deixe um comentário

WhatsApp chat
takipçi al takip2018 takipcihilesi
takipçi al takip2018 takipcihilesi