Araújo exonera embaixador do comando da Apex

embaixador Mario Vilalva foi exonerado
Mario Vilalva, presidente da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos, Apex-Brasil foto: Romério Cunha/VPR

O embaixador Mario Vilalva foi exonerado nesta terça-feira (9) do cargo de presidente da da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex). Em nota, o Ministério das Relações Exteriores confirmou a saída do diplomata. Segundo a pasta, está em curso um processo de modernização do órgão.

“Como parte do processo de dinamização e modernização do sistema de promoção comercial brasileiro, o ministro das Relações Exteriores, embaixador Ernesto Araújo, anuncia a exoneração do Embaixador Mário Vilalva da presidência da Apex.”

Nos últimos meses, houve conflitos entre o embaixador e alguns dos assessores da direção da Apex. Trocas de acusações vieram à tona.

Perfil

Diplomata de carreira, Vilalva serviu em vários postos no exterior e ocupou várias posições no Brasil. No exterior, serviu nas Embaixadas do Brasil em Washington (EUA), Roma (Itália), Santiago (Chile), Lisboa (Portugal) e Berlim (Alemanha), entre outros.

Vilalva se especializou na chamada diplomacia econômica. Ele foi nomeado em 9 janeiro quando foi definido pelo chanceler como um diplomata com “ampla experiência em promoção de exportações”.

Agência Brasil

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here