28.3 C
Manaus, BR
17 de junho de 2021
Destaques Mundo

Após recorde de vacinação, Portugal vira principal destino turístico

Portugal se tornou neste final de semana, o país com a maior taxa de vacinação contra a Covid-19, em todo o mundo, o resultado é o controle do número de mortes e infectados pela doença, e se torna o principal destino turístico da Europa.

A partir desta segunda-feira (17), os britânicos, principais visitantes no verão, estão liberados a passar férias no país sem precisar fazer quarentena na volta, o que complica o planejamento das viagens. Ainda é preciso apresentar teste negativo para Covid-19.

Nesta segunda-feira, confirmadas as chegadas de 17 voos com 5,5 mil turistas do Reino Unido ao Algarve, região famosa pelas praias exuberantes. Ao ser incluído na lista verde elaborada pelos governos britânico e escocês, Portugal sai na frente de outros países que têm no turismo uma atividade crucial para a retomada da economia e são concorrentes de Portugal, como Espanha, Grécia e Itália, por exemplo. E entre os 12 destinos da lista, sete ainda não permitem turistas.

Proibição

Portugal não estende a toalha nas praias apenas para os ingleses, que já chegaram a dois milhões de visitantes em 2019. A partir de hoje, qualquer viajante a turismo da União Europeia ou da zona de livre circulação do continente (Espaço Schengen) pode entrar, desde que apresente teste negativo e venha de um país com taxa de incidência de infecção por Sars-CoV-2 abaixo dos 500 casos por 100 mil habitantes nas últimas duas semanas.

Vacinação

A retomada do turismo acontece no momento em que Portugal bate o recorde de vacinação em 24 horas ao aplicar 129 mil doses no sábado, acima da meta de 100 mil por dia. Mais de 13% da população recebeu as duas doses (1,3 milhão de pessoas) e 31% tomaram uma dose (3,1 milhões) Não houve nenhuma morte por coronavírus na última sexta-feira, fato que tem se repetido em alguns dias.

Assim, a perspectiva é que o verão de 2021 seja melhor que o do último ano, quando apenas o turismo interno movimentou um pouco o setor. As reservas de quartos de hotéis e aluguéis de imóveis por temporada aumentaram e, em algumas cidades, já ultrapassam os 60%.

As principais companhias aéreas comunicaram que a procura por voos disparou e duas delas aumentaram sua capacidade de passageiros em mais de 300 mil lugares. Em relação ao Brasil, apenas os voos considerados essenciais são permitidos e as viagens a turismo seguem vetadas.

No último ano de referência, 2019, Portugal recebeu, ao todo, 16 milhões de turistas estrangeiros, número que despencou para quatro milhões em 2020 (cerca de 400 mil britânicos).

Os prejuízos financeiros do turismo são enormes e a recuperação total, com a volta ao normal, só deve ocorrer em 2023. Somente no primeiro trimestre deste ano a quebra chegou a 80% em relação a 2020. Isto significa que o país recebeu 790 mil hóspedes, informa o Instituto Nacional de Estatística (INE). O governo prepara um plano de apoio ao setor.

Foto: reprodução

Publicações Relacionadas

Brasil discute estratégia para inteligência artificial

Redacao

Empresas apostam em economia circular para reduzir impactos ambientais

Redacao

Ceará goleia Barbalha por 5 a 0 na volta do futebol cearense

Redacao

Deixe um comentário

WhatsApp chat