22.5 C
Manaus, BR
30 de novembro de 2020
Esportes

Aos 16 anos, joia da base do Manaus FC treina entre os goleiros profissionais

Manaus FC

Com o empréstimo do goleiro Paulo Henrique, 20, para o Rio Negro de Roraima, o Manaus FC promoveu uma das joias do clube para treinar entre os profissionais. Trata-se do goleiro Aroldo Netto, de apenas 16 anos. Ele integra os elencos dos times sub-17 e sub-19 do esmeraldino. O primeiro trabalho com os preparadores de goleiro do clube, Giba e Nailton Garcez foi realizado nesta quarta-feira (21), na Arena da Amazônia.

Aroldo conta como recebeu a notícia de que treinaria entre os profissionais do clube. “Eu tinha acabado de acordar e tomar café, quando eu recebi a ligação avisando que eu ia treinar com o elenco profissional. Já chorei muito e agradeci a Deus pela oportunidade. Estou muito feliz”, conta Aroldo.

A joia do esmeraldino também já recebeu alguns conselhos importantes do ídolo e titular absoluto do Gavião do Norte, o goleiro Jonathan. “O Neto está começando agora, mas a trajetória dele é muito parecida com a minha. Também comecei aos 16 anos no futebol, subi para o profissional aos 17, mas o conselho que posso dar para ele é ter dedicação.  Isso não pode faltar em nenhum momento. Tem que ter força de vontade de aprender ainda mais com o Giba, com o Gleibson, com todos. A gente sempre aprende um com o outro. E tem que ter paciência, porque a vida de goleiro tem que ter muita paciência. Ele ainda é novo, está começando agora, espero que ele possa ter foco e determinação. Qualidade ele tem, sim. Tem que ser trabalhado e com as técnicas de alto nível do Giba e do Naná, e ele vai ser mais um goleiro amazonense a brilhar no nosso futebol”, diz Jonathan.

O vice-presidente do Manaus FC, Giovanni Silva explica que a experiência que Netto vai ter entre os profissionais, vai ajuda-lo ainda mais na base. “O Netto irá ficar treinando pra adquirir fundamento e experiência junto aos professores Giba e Nailton. O clube tem hoje dois professores profissionais que trabalham forte no quesito formação.  E isso é uma das prioridades do clube. Valorizar os atletas da terra, amazonenses como é o caso do Netto. Queremos que ele dê continuidade nas competições de base do ano que vem, mais encorpado com essa experiência que vai adquirir nessa passagem dele pelo o elenco profissional”, diz o dirigente.

Dos goleiros do esmeraldino na Série C do Brasileirão, Jonathan, Paulo Henrique, Bruno Saul e Aroldo Netto nasceram no Amazonas. Apenas Gleibison é de Pernambuco.

Fonte e foto: Manaus FC

Publicações Relacionadas

Manaus FC vai entrar com Notícia de Infração (NI) contra o Treze (PB)

Fernanda Lopes

Encrencado: Cnh apresentada por Bruno Henrique é falsa

Redacao

‘Resumão’ da Sejel traz os resultados das atividades esportivas do fim de semana

Redacao

Deixe um comentário

WhatsApp chat