23.5 C
Manaus, BR
30 de maio de 2020
Política

Ação contra ex-governador é arquivada por Justiça

justiça_nega_acao_popular_contra_david_almeida

A segunda Vara da Fazenda Pública do Estado do Amazonas julgou a ação de pedido de Tutela de Urgência, improcedente. A decisão tomada foi a de arquivar a documentação contra o ex-governador interino do Amazonas, David Almeida (Avante). A ação foi pedida em 2017, com o objetivo de bloquear as ações de gastos da gestão de David Almeida. Foi de autoria do deputado estadual Bosco Saraiva (SD).

Quando abriu a ação, o deputado exigiu a suspenção de toda e qualquer operação financeiro-ornamentaria, além de procedimentos licitatórios, doações, desapropriações e quaisquer outras que não estivessem em acordo com a Lei de Responsabilidade Fiscal.

“O processo subiu para o Tribunal de Justiça do Amazonas (Tjam) e lá na corte foi confirmado que a ação popular é improcedente, que ela não tinha nenhuma justificativa. Agora foi o ato final mandando as partes se manifestarem dizendo que o processo será arquivado”, explicou o advogado Tadeu de Souza, em vista de se tratar uma ação popular.

Bosco Saraiva pediu também, que o Estado não realizasse, de maneira direta e indireta, novos procedimentos com qualquer contrato administrativo. Na decisão contra a ação, assinada em 2017 pelo presidente do Tribunal de Justiça do Amazonas (Tjam), desembargador Flávio Humberto Pascarelli, houveram argumentos sobre a decisão de suspender as ações do governo, que poriam riscos à ordem pública.

Em 2018, o juiz de direito Leoney Figlioulo Harraquina disse em sentença que o Ministério Público do Estado do Amazonas (MPE-AM) que a ação popular deveria ser anulada, pois não sustentava os requisitos aparentemente indispensáveis para fundamentar uma ação popular.

Publicações Relacionadas

‘Minha casa Minha Vida’: Marcelo Ramos denuncia descaso ao programa

Fabiane Monteiro

Governo do Amazonas recebe doação de 50 mil máscaras cirúrgicas de empresa do segmento de pneus

AmPressRedacao

Ministro diz que grande mídia deveria mostrar “coisas positivas”

Victoria Cavalcante

Deixe um comentário

WhatsApp chat