De acordo com dados divulgados pela Organização Mundial da Saúde (OMS), a falta de atividade física pode causar doenças em 500 milhões de pessoas até 2030. Esses números expressivos demonstram que a prática de qualquer atividade física e adoção de hábitos saudáveis podem contribuir para a redução de comportamentos sedentários.

Em paralelo a estes dados, uma publicação da Universidade de São Paulo – USP, reforçou que manter a saúde e a vitalidade em dia depende de uma série de fatores e que os hábitos precisam ocorrer em conjunto para que todos possam ter mais qualidade e anos de vida, destacando que a prática de exercícios físicos regulares protegem a cognição durante o envelhecimento. O estudo foi realizado com pessoas entre 60 e 65 anos de idade e, “mostrou que aqueles que se mantinham ativos apresentaram maior volume cerebral (considerada uma característica positiva para efeitos cognitivos) em comparação aos sedentários”.

Cacá Ferreira, gerente técnico Corporativo da Cia Athletica explica que a prática da atividade física regular e adequada acompanhada de boas noites de sono podem trazer inúmeros benefícios para a saúde da pessoa como melhorar o condicionamento cardiorrespiratório e muscular, controle de peso e humor.

“Movimentar o corpo estimula a circulação sanguínea, promovendo a renovação celular e melhorando a elasticidade da pele. Já a qualidade do sono também afeta diretamente nossa saúde. Pessoas que dormem mais evitam a flacidez, as rugas, o envelhecimento e a pigmentação irregular na pele. Boas noites de sono também garantem melhor concentração na execução das tarefas do dia a dia. O ideal é dormir entre 7 e 8 horas por dia”, reforça.

A combinação da prática regular de atividade física com hábitos alimentares saudáveis e adequados à rotina de exercícios juntamente com o consumo de água pode trazer vários benefícios para o indivíduo, diz o gerente técnico Corporativo da Cia Athletica. “Manter o corpo hidratado é importante em muitos aspectos, e um deles é a saúde da pele. As fibras e o colágeno precisam muito da água para se renovar. O ideal é beber entre 2 e 3 litros por dia. A alimentação também é aliada do rejuvenescimento, e os alimentos ricos em ômega 3, antioxidantes, vitaminas e minerais devem compor a dieta para que os resultados desejados sejam alcançados”, complementa.

Cacá Ferreira destaca que o primeiro passo é buscar um profissional de saúde para avaliar o caso do indivíduo e assim entender como o corpo dele funciona e as melhores práticas a serem adotadas para garantir um melhor estilo de vida. “A prática de atividades físicas têm se destacado como ponto de partida para se conseguir melhores condições de saúde, mas é fundamental que esses exercícios sejam executados corretamente e com o auxílio de um profissional da área”, conclui o gerente técnico Corporativo da Cia Athletica.